Branded content recupera fôlego nos EUA

    0
    0

    Gastos com branded content (marketing de conteúdo produzido por marcas) experimentaram significativa recuperação em 2011, atingindo US$ 1.914.000 entre os top 100 profissionais de marketing corporativo nos EUA, nível considerado recorde.

    A informações é do estudo "Spending Study/2011" realizado pelo Custom Content Council em parceria com a ContentWise. Segundo o relatório, 16% dos profissionais informaram que suas empresas estão migrando, de forma agressiva, do marketing tradicional para branded content.

    Entre os fatores por trás do crescimento está o aumento de 68% nos budgets de publicação, em comparação com 2010. O estudo revela que 26% dos gastos totais com marketing foram alocados em branded content, e que 30% dos entrevistados acreditam que seus seus orçamentos de branded content irão crescer novamente em 2012.

    A maior expectativa de crescimento é em conteúdo eletrônico (39%), seguido de outras formas (37%) e impresso (16%).

    A principal motivação para uso dessa modalidade de marketing é a educação de consumidores. Em seguida, vem a meta de reter clientes. As iniciativas de branded content são vistas pelos profissionais da área como investimento de longo prazo, e são consideradas mais eficazes do que outras formas de publicidade e marketing, como relações públicas, direct mail e anúncios em revistas.

     

     

    Deixe seu comentário