Acordo suspende a greve na Dataprev

0
0

Após audiência de mediação, realizada na tarde desta terça-feira,4, no Tribunal Superior do Trabalho (TST), conduzida pela ministra Kátia Arruda, foi firmado acordo entre a Dataprev e as entidades representativas dos Trabalhadores (Fenadados/Sindppd/RS), para suspensão da greve, que ocorre em âmbito nacional.

Os termos do acordo firmado preveem, pelo lado dos empregados, a suspensão da paralisação pelo prazo de até 30 dias (15 prorrogáveis por mais 15), tempo que pode durar o processo de negociação.

Pelo lado da Dataprev, ficou acordado que não haverá "dispensa de empregados das unidades em processo de desativação" e nem o desconto dos dias de paralisação, pelo prazo previsto no acordo firmado.

Os termos do acordo deverão ser ratificados em assembleia de âmbito nacional, prevista para ocorrer nesta quarta-feira (05).

A greve teve início após a Dataprev anunciar, no dia 08 de janeiro último, o encerramento das atividades operacionais em 20 filiais da empresa, localizadas nos estados do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins, para as quais há previsão de encerramento das atividades operacionais até o fim de fevereiro. A empresa está centralizando suas atividades em sete (7) estados (Ceará, Distrito Federal, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e São Paulo), onde possui data centers e Unidades de Desenvolvimento.

Deixe seu comentário