Sucesso de startup de tecnologia depende de boa gestão e criatividade, dizem especialistas

0
20

Transformar uma ideia inovadora em um novo negócio é o principal desafio de uma startup de base tecnológica — empresa nascente ou ainda em fase de constituição —, que também tem de fazer com que os custos com manutenção sejam baixos e obtenha retorno sobre o investimento. Para tratar dos desafios e discutir os melhores caminhos para o sucesso de uma startup de tecnologia, quatro especialistas, coautores do livro Empreendedorismo Inovador – Como criar startups de tecnologia no Brasil, participaram de painel nesta quinta-feira, 4, no Web Expo Forum, em São Paulo, evento promovido pelas revistas TI INSIDE e Teletime.

O consultor Nei Grando, especialista em modelagem de negócios, estratégia, inovação, gestão do conhecimento e TI, observa que, para fazer diferença e transformar uma ideia em algo promissor, que atraia investimentos, o empreendedor deve ter em mente que não se faz inovação sem criatividade. "Mais do que o conhecimento e atitude, é importante integrar a TI aos negócios por meio de uma equipe, de uma metodologia de trabalho e uma plataforma eficaz", detalhou. Segundo ele, o maior erro das startups está em usar uma ferramenta de tecnologia para solucionar problemas, em vez de estabelecer uma metodologia e entender o sistema para melhor utilizá-lo.

Outro aspecto, destacado por Marcelo Nakagawa, professor e coordenador do centro de empreendedorismo do Insper, diz respeito a implantação de sistemas de gestão. "Sem o conhecimento adequado, o empreendedor começa a se desmotivar ao se dar conta de que precisa gerir a pequena empresa." Ele ressalta que o papel do empreendedor evolui conforme a expansão do negócio. A meta é ele deixa de ser o dono da empresa e passar a ser um gestor, com metas a cumprir. O processo de colocar a ideia em prática ainda é um obstáculo enfrentado por quem decide criar uma startup. Nesse sentido, Nakagawa enfatiza que, em primeiro lugar, o empreendedor deve vencer o medo de iniciar um projeto, já que riscos e incertezas fazem parte do processo. "Vencendo esta barreira, é o momento de arrumar um sócio e sociabilizar com outros empreendedores", completou.

Para Martha Terenzzo, diretora da Inova 360º Consultoria e Inovação e Marketing, existem dez passos fundamentais para empreender em tecnologia. Dentre eles destacam-se o planejamento de atalhos, caso ocorram imprevistos, o estudo sobre criatividade e inovação, o entendimento do comportamento de pessoas, bem como a importância do empreendedor "contar" sua história. "As pessoas hoje não compram mais uma marca, mas a ideia que permeia seu negócio", concluiu.

Deixe seu comentário