Publicidade
Início Newsletter (TI Inside) Intertrust Technologies e Apple chegam a acordo em processo de patentes

Intertrust Technologies e Apple chegam a acordo em processo de patentes

0
Publicidade

A Intertrust Technologies, empresa especializada na criação, desenvolvimento e licenciamento de tecnologias ligadas às áreas de eletrônica e internet, decidiu pôr fim a um processo impetrado em março do ano passado contra a Apple por violação de patentes, segundo informa o The Wall Street Journal. O jornal americano não informa, entretanto, o valor pago por cada empresa para encerrar o caso.

À época, a companhia acusou a fabricante americana de violar 15 de suas patentes que abrangiam uma ampla gama de produtos, incluindo o iPhone, iPad, PCs e laptops Mac, a Apple TV, além de serviços como o iTunes, iCloud e App Store. A Apple, por sua vez, negou em documentos judiciais infringir as patentes, afirmando ainda que as mesmas eram inválidas.

A Intertrust, que tem como acionistas a Sony e a Royal Philips Eletronics, cada uma com 49,5% de participação na empresa, já chegou a receber US$ 440 milhões da Microsoft, em outra batalha judicial datada de 2004.

Negócios

O jornal americano também noticiou nesta sexta-feira, 4, que a Apple adquiriu a Novauris Technologies, empresa especializada em tecnologia de reconhecimento automático de voz com sede no Reino Unido. O valor do negócio, no entanto, não foi divulgado.

O software da Novarius permite a busca baseada em voz em grandes bancos de dados, ideal para sistemas compactos, pois não exige tecnologia robusta. Procurada, a Apple confirmou o acordo com a sua declaração padrão de aquisições, de que “compra empresas de tecnologia menores de tempos em tempos”, e que não discute seus propósitos e planos.

O anúncio do negócio vem logo após a Microsoft divulgar sua assistente pessoal de voz Cortana, que acompanha o Windows Phone 8.1, nova versão do sistema operacional móvel da companhia apresentada na última quarta-feira, 2, e que irá competir diretamente com sistemas semelhantes como a Siri, da Apple, e Google Now, do Google.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

Sair da versão mobile