Itaú e QC Ware usam algoritmos de computação quântica para fortalecer retenção de clientes

0

O Itaú Unibancoe a QC Ware, líder em software e serviços quânticos, anunciam os primeiros resultados de uma colaboração que explora o uso de algoritmos de computação quântica no setor bancário. O objetivo do projeto conjunto, que durou quatro meses, é investigar se a computação quântica pode ajudar na retenção de clientes. O algoritmo de quantum machine learning proposto pela QC Ware melhora o desempenho dos modelos usados atualmente para prever a perda de clientes.

Ao longo dessa colaboração, as duas equipes desenvolveram novos métodos que rodam nos computadores tradicionais utilizados atualmente e já podem melhorar os modelos preditivos, atingindo aumento substancial na retenção de clientes em testes retroativos. Esses algoritmos rodarão ainda mais rápido nos computadores quânticos do futuro, aproveitando sua capacidade inerente de executar tarefas complexas de álgebra linear.

A colaboração tem como meta contínua adquirir conhecimento e aumentar a expertise interna sobre o poder dos algoritmos quânticos, preparando o Itaú Unibanco para a iminente implementação da computação quântica em todo o setor de serviços financeiros. Uma iniciativa que combina a experiência do Itaú Unibanco no setor bancário, machine learning e computação quântica com a liderança da QC Ware em algoritmos clássicos e quânticos.

"Manter nossos clientes satisfeitos é uma das maiores prioridades do Itaú Unibanco, e continuaremos protagonizando a implementação de tecnologias inovadoras", diz Moisés Nascimento, Chief Data Officer do Itaú Unibanco. "Vemos na computação quântica o potencial de melhorar muito as interações com os clientes e já nos beneficiamos do entendimento da QC Ware sobre os algoritmos de retenção existentes."

O Itaú Unibanco forneceu à QC Ware dois anos de dados de usuários anônimos e aproximadamente 180.000 pontos de dados, com a intenção de entender melhor quais clientes provavelmente deixariam o banco nos próximos três meses. A QC Ware desenvolveu métodos quânticos para treinar um modelo de retenção de clientes fundamentado em uma técnica conhecida como determinantal point processes. Os métodos quânticos melhoraram a precisão e diminuíram os tempos de execução em comparação com as técnicas tradicionais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui