Esporte Clube Pinheiros mantém 1.315 colaboradores em home office desde março

0
161

Desde março de 2020, o Esporte Clube Pinheiros (ECP), de São Paulo, quando o governo paulista decretou o isolamento social para conter a disseminação do novo coronavírus no Brasil, vem mantendo 87% do seu quadro laboral em home office. De acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria Betania Tanure Associados (BTA), 43% das empresas brasileiras já estão atuando no Home Office.

Entre as empresas que adotaram o modelo, 60% dos funcionários estão trabalhando de casa. "Nós do Pinheiros conseguimos colocar 87% dos nossos colaboradores no Home Office. Isso só foi possível graças aos sistemas integrados que temos e a equipe de Tecnologia da Informação capacitada para o suporte à distância para os nossos funcionários", evidencia José Antônio, Diretor de Comunicação do Esporte Clube Pinheiros.

Uma das primeiras movimentações do Esporte Clube Pinheiros foi testar a ferramenta Fluig que é responsável pelo fluxo eletrônico dos documentos do clube. "A nossa equipe de Tecnologia da Informação realizou provas com o Fluig para captar se o nosso time de colaboradores teriam a mesma ferramenta nas suas casas. Operando bem e de forma integrada. Deu tão certo que conseguimos implantar o home office na mesma semana que foi anunciado o isolamento na capital paulista", explica Ivan Castaldi, Presidente do Esporte Clube Pinheiros.

A realidade do Home Office já se estabeleceu no Brasil e no mundo. Devido a pandemia do Covid-19. Economizar tempo com deslocamento, reduzir custos para a empresa, e permitir que os funcionários atuem nas suas residências com filhos e/ou animais de estimação trouxe mudanças estruturais para o acompanhamento da produtividade e satisfação desses colaboradores. Para medir a satisfação dos funcionários do Esporte Clube Pinheiros, reuniões semanais são feitas com os times por videoconferência e há feedbacks e escutas entre os líderes de equipe e os seus colaboradores.

Cerca de 200 funcionários continuaram atuando no Esporte Clube Pinheiros (ECP), porém com carga reduzida de horário, esquema de rodízio, e principalmente seguindo as normas de distanciamento, utilização de máscaras, uso de luvas e distribuição de álcool em gel por todas as dependências do ECP. Esses colaboradores são responsáveis pela manutenção do clube. Entre elas: a conservação das espécies da Fauna e Flora, segurança, execução das obras no tênis e campo A de Futebol, pequenas reformas, limpeza, e doação de alimentos (Equipe do DAS – Departamento de Assistência Social). Só no mês de Abril, o ECP doou 2 Toneladas de alimentos e entregou diversas máscaras de proteção para a população.

"O home office é um teste de disciplina. Manter a rotina dos assuntos e conversar com os pares por reuniões virtuais tem sido uma boa maneira de nos conectarmos. Meu filho Lucas também teve a sua rotina escolar alterada e nossa varanda se transformou em um espaço de coworking", relata Márcia Santos, supervisora de Eventos Sociais Culturais do Esporte Clube Pinheiros.

Deixe seu comentário