Tribanco lança carteira digital para pequenas e médias empresas

0
651

Oferecer soluções criativas e vantajosas a varejistas é algo que vem posicionando o Tribanco como uma das instituições financeiras mais próximas do varejo brasileiro. A grande novidade desse portfólio é a Triconta Martins, uma carteira digital que possibilitará o acesso de lojistas a um completo leque de soluções em uma única plataforma, de maneira fluida, prática e segura.

Na Triconta Martins será possível ter acesso, por exemplo, às ofertas do marketplace Martins – um dos maiores atacadistas distribuidores do país – além de serviços financeiros, como cartão múltiplo, maquininha de cartões e seguros. Trata-se de uma das primeiras experiências de 'digital wallet' destinadas exclusivamente a esse público.

"A nossa forte conexão com o pequeno e médio varejista e a indústria nos possibilita entender bem suas necessidades para desenvolver soluções que contribuam com a evolução de seus negócios. Estamos lançando uma carteira digital que integra marketplace B2B com serviços financeiros, uma plataforma em que ele poderá encontrar tudo que precisa, facilitando a vida desses empresários", afirma Ricardo Batista, CEO do Tribanco.

Ofertas como essa são possíveis devido à sinergia entre as empresas do chamado Sistema Martins, que, além do atacadista distribuidor de grande capilaridade nacional, envolve o Tribanco (banco completo), a UNICA (empresa de meios de pagamentos eletrônicos), a Tricard (administradora de cartões) e a Tribanco Seguros (corretora de seguros).

"Nosso objetivo é proporcionar uma experiência muito mais fluida aos clientes, que poderão, por exemplo, visualizar o saldo de todos os programas de recompensas e cashback do Sistema Martins, e usar esse valor acumulado para adquirir produtos do grupo e seus parceiros em condições especiais, tudo em um só lugar", explica Batista.

A estratégia, segundo ele, é integrar ainda mais os serviços financeiros do Tribanco ao "Ecossistema Martins", composto por donos de mercados, seus funcionários e clientes, atendidos pelo Martins, uma base composta por 350 mil varejistas em todo o Brasil, em sua maioria comércios de pequeno e médio porte, dos setores alimentício, farmacêutico e materiais para construção. A expectativa é atrair pelo menos 100 mil empresas desta base nos primeiros meses de operação da carteira digital.

Deixe seu comentário