Publicidade
Início Newsletter (TI Inside) Ações da GoPro caem mais de 7% após banco reduzir recomendação de...

Ações da GoPro caem mais de 7% após banco reduzir recomendação de compra

0
Publicidade

As ações da fabricante de câmeras digitais GoPro caíram quase 6% no pregão da Nasdaq desta quinta-feira, 4, após o banco norte-americano JP Morgan rebaixar a recomendação de venda para as ações da companhia do nível overweight (acima da média do mercado) para neutro, mantendo o preço-alvo de US$ 51.

Em nota aos investidores, o analista do JP Morgan, Paul Coster, escreveu que “os papéis da companhia valorizaram 137% em relação ao preço de sua oferta pública inicial de ações (IPO), de US$ 24, e não devem ser comprados nos níveis atuais”. No entanto, o analista acredita que a GoPro continuará dominante no mercado, podendo lançar novas câmeras antes da temporada de férias. Consequentemente, Coster não recomenda que os investidores vendam suas ações, visto que acredita que elas são propensas tanto a subir como a descer.

Os papéis da empresa abriram o pregão da Nasdaq cotados a US$ 54,30, queda de 4,5% em relação ao fechamento do dia anterior, quando as ações encerraram o pregão negociadas a US$ 56,86. No decorrer do dia, a alta atingiu pico de 7,5% às 16h20 (horário de Brasília), com os papéis cotados a US$ 52,60. As ações da GoPro encerraram o pregão valendo US$ 52,08, recuo de 6,6%.

Em sua estreia na Nasdaq, em 26 de junho, as ações da fabricante de câmeras fecharam o dia valendo US$ 31,35, alta de 30,62%. Com informações de agências internacionais.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

Sair da versão mobile