Google é multado em US$ 170 milhões por violar privacidade de crianças no YouTube

0
3

O Google concordou nesta quarta-feira, 4, em pagar uma multa de US $ 170 milhões e fazer alterações para proteger a privacidade das crianças no YouTube, já que os órgãos reguladores disseram que o site de vídeo coletou informações pessoais de maneira consciente e ilegal de crianças e usou-as para lucrar, direcionando-as com anúncios, informou o jornal New York Times.

Os críticos denunciaram o acordo, julgando a multa insignificante e as mudanças necessárias como inadequadas para proteger a privacidade das crianças.

A penalidade e as alterações fizeram parte de um acordo com a Federal Trade Commission e o procurador-geral de Nova York, que acusou o YouTube de violar a Lei de Proteção à Privacidade Online Infantil das crianças, ou COPPA.

Os reguladores disseram que o YouTube, de propriedade do Google, coletou ilegalmente dados de crianças – incluindo códigos de identificação usados ??para rastrear a navegação na web ao longo do tempo – sem o consentimento dos pais.

Deixe seu comentário