Com app para agendamento prévio e 81% dos colaboradores totalmente vacinados, CESP inicia volta ao escritório

0
7

O avanço da vacinação nos últimos meses deu início às programações de retorno aos escritórios. Na CESP, o desejado reencontro entre os colegas de trabalho está acontecendo de forma gradual e escalonada. A companhia lançou recentemente o Plano de Retorno Voluntário para os profissionais imunizados contra Covid-19, que somam 81%. A estratégia conta com o CESP App, um aplicativo com ferramentas exclusivas para regulamentar as idas à companhia. 

O programa escolhido pela CESP é intuitivo e acessível aos usuários. A interface mostra um mapa com as mesas livres, que são bloqueadas após o agendamento, impossibilitando a lotação do ambiente. No local, o colaborador faz check-in e check-out por meio de um QR Code, disponibilizado na própria mesa de trabalho.  

A companhia optou por escalonar o retorno para oferecer mais segurança às equipes que escolherem o trabalho presencial. O plano de ação conta com o retorno gradual, iniciando pelos grupos completamente imunizados até o momento. "Agora em novembro vamos evoluir para alcançar 50% e, em dezembro, quando teremos quase todo nosso time vacinado, 60% dos funcionários", diz Leonardo Vinci, gerente de Desenvolvimento Humano e Organizacional na CESP.  

"A prioridade é resguardar a saúde e o bem-estar de todos os colaboradores. Acompanhamos a vacinação de todos e, à medida que atingimos 81% de nosso efetivo completamente vacinado, iniciamos o retorno ao escritório de forma gradual", afirma Vinci. 

O modelo de trabalho será híbrido. E mesmo com a redução considerável do número de funcionários nas dependências da empresa, algumas regras foram adotadas para assegurar o distanciamento entre as pessoas. Além da cartilha básica de prevenção, que conta com o uso de máscaras e a higienização constante das mãos e equipamentos com álcool, há aferição de temperatura nas entradas da companhia, sistema de cartões para limitar o número de pessoas nos banheiros, diminuição da capacidade das salas de reunião em 50% e a sinalização de todas as áreas de uso comum com informações sobre a utilização correta dos ambientes. 

Deixe seu comentário