Nokia levanta 170 milhões de euros com venda de sede na Finlândia

0
1

A Nokia vendeu sua sede na cidade de Espoo, na Finlândia, por 170 milhões de euros. A compradora é a Exilion, empresa de gestão de imóveis, que manterá o aluguel das instalações à fabricante de celulares, em um contrato de longo prazo.

A previsão é que a venda seja concluída ainda neste ano. “Tivemos um bom processo de venda com investidores finlandeses e internacionais, e estamos muito satisfeitos com o resultado”, declarou o diretor financeiro da Nokia, Timo Ihamuotila, em nota. “Como dissemos antes, a posse de um edifício próprio não é parte do negócio principal da Nokia e quando boas oportunidades surgem, aproveitamos para nos desfazer desse tipo de ativo. Naturalmente, continuaremos a operar em nosso escritório central por muito tempo”, completou.

A venda do edifício de 48 mil metros quadrados de frente para o Golfo da Finlândia, desenhado pelo arquiteto Pekka Helin, não é uma novidade. A fabricante já havia revelado o plano de se desfazer do imóvel em outubro, como parte de sua estratégia para levantar capital e ajudar na recuperação do prejuízo. No terceiro trimestre, as perdas da Nokia cresceram mais de 460% na comparação com os resultados do mesmo período do ano passado.

Deixe seu comentário