Brasileiros superam americanos em adoção de aplicativos e tempo de uso de smartphones

0
91

Os brasileiros compram mais telefones celulares do que os americanos e usam mais aplicativos do que eles também. Vinte e quatro porcento possuem aparelhos novos (com menos de três meses) e apenas 19% dos brasileiros possuem smartphones com mais de dois anos. Enquanto mais de 1/3 dos americanos têm dispositivos com mais de 2 anos. Estes são dados de uma pesquisa recente encomendada pela Digital Turbine, empresa que simplifica a descoberta de aplicativos e conteúdo com experiências diretas do usuário no dispositivo. Com sua plataforma de tecnologia integrada aos aplicativos de dispositivos, apps podem atingir milhões de novos usuários diretamente.

A pesquisa mostra que os brasileiros são realmente heavy users no mundo dos smartphones e aplicativos. "Os EUA são um mercado mais maduro em penetração de internet móvel e smartphones, mas o Brasil, onde grande parte do acesso à internet se deu pela primeira vez por meio do celular, vem apresentando um crescimento explosivo na aquisição de novos aparelhos e, consequentemente, de uso de aplicativos", afirma Greg Wester, CMO da Digital Turbine e responsável pela pesquisa.

Os brasileiros têm dispositivos mais novos, mas não são novos na experiência dos smartphones e na economia dos aplicativos. Apenas 16% dos brasileiros compraram seu primeiro smartphone há menos de 3 anos, e 38% dos brasileiros afirmam que "instalam aplicativos com frequência. Nos EUA, apenas 10% afirma instalar aplicativos com frequência.

A App Discovery Industry (indústria de descoberta de apps) gera bilhões de dólares e envolve diferentes estratégias de desenvolvedores para chamar a atenção de novos aplicativos e atrair downloads de mais usuários. Para esse mercado especificamente, os brasileiros são extremamente abertos a todos os métodos de descoberta de novos aplicativos. 46% dos brasileiros gostam de acessar as lojas de aplicativos e explorar as novidades, em comparação com apenas 17% dos americanos. 35% favorecem o uso de anúncios de aplicativos em redes sociais ou outros aplicativos, enquanto nos EUA, apenas 14% favorecem esse método de descoberta. Finalmente, 34% dos brasileiros acreditam que é uma ótima maneira de descobrir novos aplicativos quando eles vêm pré-instalados em um novo smartphone.

Avaliando o interesse do brasileiro em descobertas por pré-carga, há um grande interesse em vários setores verticais. 41% gostariam que um novo telefone viesse com aplicativos de entrega já instalado. 60% gostariam de comprar um novo smartphone com aplicativos de suas redes sociais favoritas e 63% gostariam de um telefone celular com aplicativos de mensagens (whatsapp etc).

O brasileiro não só aproveita e consome novas formas de descobrir apps, mas instala muito também. 37,6% baixaram mais de vinte novos aplicativos entre julho e setembro deste ano, enquanto mais da metade dos americanos (55%) instalaram menos de 5. Isso em todas as faixas etárias abaixo de 50 anos.

"A visão sobre este comportamento aberto ao novo do brasileiro, em termos de compra de novos dispositivos e compra de aplicativos, é fundamental para mover a indústria de descoberta de aplicativos para que os desenvolvedores criem novas formas de levar seus aplicativos aos usuários", afirma Greg Wester.

Deixe seu comentário