Um terço das empresas usará biometria em dispositivos móveis até 2016

0

Preocupadas com a segurança em ambientes corporativos, 30% das organizações deverão usar autenticação biométrica em dispositivos móveis até 2016, segundo previsão do Gartner divulgado nesta terça, 4. Atualmente, 5% das empresas utilizam o recurso, que substitui senhas complexas e medidas de segurança comuns em PCs.

De acordo com o instituto de pesquisas, smartphones e tablets possuem as mesmas aplicações e dados críticos do que computadores, mas não oferecem o mesmo nível de segurança. O problema se agrava porque a implantação de políticas de proteção em dispositivos móveis pessoais no trabalho (prática do BYOD) acaba implicando em problemas de privacidade e direitos do usuário. Além disso, senhas complexas são mais difíceis de serem digitadas em telas sensíveis ao toque.

Assim, a recomendação é que as companhias passem a usar mais a autenticação biométrica. Isso inclui interatividade humana, reconhecimento de voz, topografia da face e estrutura da íris. Apesar da conveniência, o Gartner aconselha a não abandonar as senhas convencionais, pois isso permite uma autenticação de dois passos mais segura.

Não há menção na previsão ao sensor biométrico de leitura digital, como o incorporado no final do ano passado no iPhone 5S, como uma alternativa. Entretanto, o mercado já especula que competidores como Samsung e LG adotem o recurso (que não foi inventado pela Apple, diga-se de passagem), o que pode popularizar essas ferramentas junto ao consumidor final.

Formatar remotamente não resolve

Outro problema, aponta o Gartner, é na hora de realizar o wipe-out (limpeza total) do aparelho em caso de roubos. Segundo a empresa, o risco continua porque os discos de estado sólido (SSD, usados em smartphones e tablets, além de ultrabooks) são "quase impossíveis de serem apagados". A melhor técnica seria usar criptografia que não tenha uma chave acessível após uma operação de formatação rápida do aparelho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui