Autopagamento e biometria lideram expectativas de consumidores, mostra pesquisa

0
0

A maioria dos consumidores pelo mundo espera que as redes varejistas implementem métodos de pagamento inovadores e tecnologias nas lojas para melhorar a experiência de compra. Essa descoberta faz parte da Global Consumer Survey, um estudo encomendado pela Wirecard, líder global de inovação em tecnologia financeira digital, que entrevistou 6 mil clientes em países da Europa, Ásia e Américas.

"Nossa pesquisa descobriu que a grande massa de consumidores está pronta para adotar novas tecnologias que vão melhorar a experiência de compra nas lojas e facilitarão a aquisição de produtos de acordo com suas preferências. Essas tecnologias não são mais truques ou restritas a empresas altamente tecnológicas, ainda que muitos varejistas não consigam ouvir seus clientes e acompanhar suas demandas", comentou Markus Eichinger, EVP Global de Estratégia de Grupo da Wirecard. "Em um momento em que as lojas físicas estão lutando para competir com as vendas on-line, combinar pagamentos com outras tecnologias é uma etapa fundamental para agregar valor aos clientes."

Principais conclusões:

Global e regionalmente, os consumidores desejam usar novas tecnologias que tornem a experiência de compra mais conveniente. Isso inclui o uso de:
• Aplicativo para comprar produtos usando o autopagamento, ou self-checkout (71% se disseram um pouco ou muito interessados);
• Um espelho inteligente que permita a visualização produtos adicionais, a solicitação de outros itens e a compra de mercadorias sem fazer check-out (65% um pouco ou muito interessados) ;
• Lojas sem atendentes como a Amazon Go (61% um pouco ou muito interessados);
• Realidade virtual (RV) para experimentar itens de vestuário antes de comprá-los online (61% de certa forma ou muito interessados).

No Brasil, os consumidores estão mais abertos à utilização de novas tecnologias em relação a outros países. Por exemplo, 82% dos brasileiros mostraram muito ou algum interesse em baixar um app para realizar autopagamento em lojas do varejo, contra apenas 57% dos norte-americanos e 51% dos australianos. A pesquisa também mostra que 77% dos brasileiros teriam interesse em uma ferramenta de realidade virtual que os ajudasse a experimentar uma peça de roupa antes de comprá-la na loja física. Nos Estados Unidos, apenas 42% dos entrevistados se disseram interessados nessa tecnologia.

Pagamentos móveis são uma certeza

Os pagamentos móveis são importantes para os consumidores, e tudo indica que serão uma realidade em breve. 44% dos entrevistados disseram que deixariam de comprar em uma loja física se ela não oferecesse formas de comprar usando o celular.
Quando perguntados sobre qual desenvolvimento de tecnologia relacionado às compras eles gostariam de ver implementado para melhorar sua experiência de compra, 58% identificaram os pagamentos móveis como os mais importantes, seguido dos pagamentos biométricos e lojas sem caixa (45%), e a Realidade Aumentada (RA), com 25%.

Pagamento biométrico

A pesquisa da Wirecard indica que vale a pena para os varejistas implementar métodos de pagamento biométricos, como reconhecimento facial e impressão digital. Em todos os países analisados, três em cada cinco entrevistados estariam interessados em usar dados para comprar produtos on-line (66%) e na loja (68%).
No Brasil, 81% dos entrevistados demonstraram muito ou algum interesse em utilizar a biometria para comprar na loja, e 76% para comprar online. Nos Estados Unidos, esse valor cai para 63% nas lojas físicas e 58% online.

Compras assistidas por voz

Dispositivos de assistência por voz, como a Amazon Alexa e o Google Home Hub, são muitas vezes descartados como ferramentas para fazer compras. No entanto, 57% dos entrevistaram concordaram que usar esses equipamentos facilitaria as suas compras, e 44% disseram que confiariam em pagamentos assistidos por voz para fazer suas compras semanais.

Os clientes buscam fazer a lição de casa online (enquanto estão na loja)

Sete em cada dez consumidores (74%) estão interessados em usar a tecnologia para pesquisar produtos enquanto estão na loja antes de comprar. Isso pode ser feito por meio de um aplicativo ou no próprio site da loja com o objetivo de saber mais sobre o produto que estão visualizando. Pelo menos 72% têm algum interesse em usar dispositivos da própria loja, como tablets, e 60% estão interessados em usar realidade virtual.

"Muito longe de ser delírios tecnológicos, nossa pesquisa mostra que existe uma vontade clara dos consumidores em terem acesso à realidade virtual, compras assistidas por voz e lojas sem caixa. Algo precisa mudar se o varejo quiser recuperar a experiência das lojas físicas. O que os clientes querem é uma maior integração de tecnologia", afirma Markus Eichinger.

Deixe seu comentário