Vendas de PCs despencam 26% no Brasil em 2014

0
3

A venda de computadores pessoais no Brasil sofreu queda de 26% no ano passado na comparação com 2013, segundo dados divulgados nesta quinta-feira, 5, pela IDC Brasil. De acordo com o levantamento, foram vendidos 10,3 milhões de computadores em 2014, sendo que, desse total, 4 milhões foram desktops – queda de 31% em relação ao ano anterior – e 6,4 milhões foram notebooks – recuo de 22% na mesma comparação. Do total de equipamentos, 29% foram comercializados para o mercado corporativo e 71% para o consumidor final.

Considerando o último trimestre de 2014, o mercado nacional de PCs sofreu retração de 25% em relação ao quarto trimestre de 2013. O relatório mostra que foram vendidos 2,7 milhões de PCs no período, sendo 966 mil desktops – queda de 29% comparada a igual trimestre de 2013 – e 1,7 milhão de notebooks – declínio de 21%.

Segundo a consultoria, os resultados de 2014 foram impactados pelo Carnaval fora de época, Copa do Mundo, eleições e a alta do dólar. Além disso, o ritmo fraco da economia, a escassez de crédito e inflação também foram fatores preponderantes para o mau desempenho somente nos últimos três meses do ano passado.

Para 2015, a IDC Brasil estima que o mercado de PCs no Brasil encerre o ano com queda de 3% nas vendas, devido a fatores como aumento dos preços, instabilidade econômica e adoção de outros dispositivos. "A alta do dólar vai dificultar a recuperação. Isso já se pode notar nas lojas, onde os produtos estão de 15 a 20% mais caros do que custavam seis meses atrás", afirma Pedro Hagge, analista de pesquisas da IDC Brasil.

Deixe seu comentário