Déficit da balança comercial de eletroeletrônicos cai e confirma baixa atividade da indústria

0
0

O déficit da balança comercial de produtos eletroeletrônicos atingiu US$ 20,43 bilhões no acumulado de janeiro a julho deste ano, cifra 3% abaixo da registrada em igual período de 2013, quando totalizou US$ 21,11 bilhões. A redução ocorreu devido à queda das importações nos quatro últimos meses, uma vez que, no primeiro trimestre deste ano, o saldo negativo da balança do setor havia sido 10% superior ao dos primeiros três meses de 2013.

Com exceção de componentes elétricos e eletrônicos — que ficaram estáveis em relação a janeiro a julho de 2013 — e material elétrico de instalação, que teve acréscimo de 1,4%, as importações recuaram 3,5% no acumulado dos primeiros sete meses do ano, em relação ao mesmo período de 2013, atingindo US$ 24,3 bilhões. As importações de componentes elétricos e eletrônicos somaram US$ 14,2 bilhões, representando 58% do total.

Componentes para telecomunicações foram os produtos que apresentaram o maior índice de importação, respondendo por 11% das compras externas, enquanto semicondutores (-3%), componentes para informática (-2%) e eletrônica embarcada (-9%) foram alguns dos produtos que registraram as quedas mais acentuadas.

Já as exportações de produtos elétricos e eletrônicos somaram US$ 3,92 bilhões, 4,5% abaixo de igual período do ano anterior (US$ 4,1 bilhões). Assim como ocorreu com as importações, componentes elétricos e eletrônicos foram os que tiveram a maior queda nas exportações, que totalizaram US$ 1,74 bilhão, retração de 9,1%.

Deixe seu comentário