Publicidade
Início Gestão Infraestrutura ITI e Dataprev discutem parceria institucional

ITI e Dataprev discutem parceria institucional

0
Publicidade

O Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI recebeu no uultim terca-feira, 3, representantes da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social – Dataprev para o início de uma troca de experiências e parceria entre as duas instituições em suas áreas de domínio, certificação digital no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil e data centers.

O  diretor-presidente do ITI, Renato Martini, celebrou a aproximação entre os dois órgãos, que, em sua visão, será bastante positiva. “Queremos escutar as demandas da Dataprev e ver como podemos colaborar. A ideia é montar uma agenda de trabalhos para o próximo ano. O ITI acumula uma larga experiência em certificação digital , então podemos colaborar nesse setor. Estamos abertos a esse tipo de parceria e acreditados que a Dataprev também pode nos auxiliar com seus conhecimentos”, destacou Martini.

O diretor de Infraestrutura de TIC da Dataprev, Daniel Darlen,  disse na oportunidade que  “o momento é muito propicio para que essa aproximação ocorra uma vez que estamos concluindo nosso planejamento para 2014″. A Dataprev enviou ainda membros das equipes de segurança,  responsável pelo setor de data centers, e das equipes de suporte e de arquitetura.

“A ideia é conhecermos os projetos da Dataprev e como poderemos agregar algum conhecimento no campo de tecnologia, que é o que nos compete. Também queremos identificar como a Dataprev pode nos apoiar”, foi o que disse o diretor da Infraestrutura de Chaves Públicas do ITI, Maurício Coelho.

Durante o encontro, foram apresentados os projetos nos quais a Dataprev acredita que o ITI pode colaborar, como no uso de criptografia na ligação entre os seus backbones. “A ICP-Brasil não é uma alternativa, mas uma tecnologia de governo que permite afirmarmos tratar-se de um legítimo criptosistema de uso da sociedade civil. Exemplos são muitos que sustentam nossa tese e nos dão plena confiança nessa infraestrutura”, acrescentou Renato Martini.

Também foram tiradas dúvidas sobre o uso do Certificado de Atributo, do Assinador Digital e também sobre Autoridade de Carimbo do Tempo – ACT, todas tecnologias de amplo domínio do ITI.

Por sua vez, o assessor da presidência do ITI, Eduardo Lacerda, fez uma breve apresentação do projeto piloto da Autoridade de Registro Biométrica – AR Biométrica, que trará ainda mais segurança para o ato  da emissão do certificado digital ICP-Brasil. Lacerda destacou que o ITI tem o interesse de construir um banco de dados próprio, e seria de grande proveito uma parceria com a Dataprev na iniciativa.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário Cancelar resposta

Sair da versão mobile