Amazon abre loja online em site do Alibaba na China

0
0

A Amazon abriu sua primeira loja online na China, por meio de um acordo com o Alibaba Group Holding, que controla, além do site de comércio eletrônico de mesmo nome, o Taobao e o Tmall. O objetivo com a loja, que será aberta neste último site, é ganhar uma base robusta naquele país, a segunda maior economia do mundo. O Tmall, que supera a Amazon como maior loja online da China, tem mais de 100 mil marcas representadas. As empresas não detalharam o percentual das vendas feitas pelo site que ficará com o Alibaba.

"Nos congratulamos com a Amazon por ingressar no 'ecossistema' do Alibaba, e sua presença vai ampliar ainda mais o catálogo de produtos internacionais e enriquecer a experiência de compra dos consumidores chineses no Tmall", disse Candice Huang, porta-voz da Alibaba na China, à Bloomberg News. Segundo ele, o Tmall registrou 334 milhões de compradores ativos em 2014.

O Alibaba atende principalmente empresas que querem comprar produtos por atacado, enquanto o Tmall é um portal para consumidores que compram diretamente na web. O comércio eletrônico na China deve atingir US$ 1,01 trilhão em 2018, mais que o dobro dos US$ 426,3 bilhões registrados no ano passado, segundo projeção da consultoria eMarketer.

A Amazon tem se esforçado para replicar o sucesso com os consumidores norte-americanos no exterior. As vendas internacionais responderam por 38% da receita da varejista online em 2014, na comparação com 48% em 2009. Atualmente, os negócios internacionais da Amazon estão concentradados no Reino Unido, Alemanha e Japão, e a empresa tem se esforçado para aumentar as vendas na China, onde se tem investido na construção de grandes armazéns para estocar mercadorias.

Deixe seu comentário