Correios lança operação nacional de telefonia celular a partir de São Paulo

1
0

Os Correios lançaram nesta segunda-feira,6, sua operação na área de telefonia móvel. A comercialização será implantada gradualmente: a primeira fase do projeto prevê a oferta do serviço em 12 agências da cidade de São Paulo, com implantações subsequentes nas demais agências da região metropolitana, totalizando 164 unidades até o fim de março. Em seguida, passará a ser oferecido em Brasília e Belo Horizonte. A meta é alcançar todos os Estados do Brasil até o fim deste ano.

O Correios Celular vem para complementar o conjunto de serviços oferecidos pela estatal a seus clientes, valendo-se de parceria estabelecida com a EUTV, prestadora de Serviço Móvel Pessoal (SMP), autorizada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A EUTV será responsável pela infraestrutura de suporte às telecomunicações.

O objetivo é atender os clientes que buscam serviços simples, práticos e prestados com transparência e os pacotes foram planejados para estar entre os mais baratos do mercado.

Para o presidente dos Correios, Guilherme Campos, o grande diferencial do serviço está na associação à palavra Correios. "Presença nacional, capilaridade, confiança e capacidade de entregar aquilo que se compromete a realizar. Nós temos certeza de que esse passo dado, no sentido de prover um serviço na área de telefonia celular, vai ser uma grande atividade dentro da empresa, aproveitando toda a nossa infraestrutura física e equipes de vendas espalhadas pelo Brasil, além de toda a tecnologia que nossos parceiros desenvolveram e deixaram pronta para fazermos uso", afirma o dirigente.

"Os Correios possuem a maior rede de agências do Brasil; a maior rede logística e seu índice de confiança entre a população só perde para a família. O que fizemos foi incorporar a essas competências um plano de celular para os cidadãos em geral que é bom, bonito e barato", destaca o presidente da EUTV, Yon Moreira.

Investimento

Na qualidade de credenciado, os Correios não precisaram fazer nenhum investimento para atuar como operador de telefonia – já que toda a infraestrutura de telecomunicações, por exemplo, será responsabilidade da EUTV. Serão utilizadas a rede de agências e a rede corporativa de dados já instaladas nos Correios, bem como os empregados já contratados.

Agências que vão oferecer o serviço na primeira fase:  Brás, Central de São Paulo (República), Cidade de São Paulo (Vila Leopoldina), Guaianazes, Itaquera, Mooca, Nossa Senhora da Saúde, Osasco, Penha de Franca, Santana, Silva Bueno (Ipiranga) e Vila Prudente.

1 COMENTÁRIO

Deixe seu comentário