Maringá destina área para criação de um Parque Tecnológico

0
0

Por meio de um trabalho coordenado pelo Setor de TI de Maringá e região, juntamente com o apoio da Sociedade Civil Organizada, foi definido um local para instalação de um Parque Tecnológico para as mais de 400 empresas do ecossistema de TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação) em Maringá e região.

Nesta quarta-feira, 7, o prefeito de Maringá, UIisses Maia, assinará decreto de destinação para instalação do complexo em uma área de aproximadamente 120 mil metros quadrados. Além das empresas, instituições de ensino também serão contempladas, aproximando os novos talentos do mercado de trabalho.

O espaço deve contar com espaço para participação de universidades, por meio centros de pesquisas e inovação, ambientes de co-working voltados para o desenvolvimento de startups, espaços de criação como FabLab, áreas de comuns de alimentação e estacionamento, creches, locais para reuniões, debates e treinamentos.

Para Franz Wagner Dal Belo, diretor de Inovação Tecnológica da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico de Maringá, "o setor tecnológico maringaense vem crescendo muito nos últimos anos e nada mais justo que a prefeitura oferecer condições para aumentar ainda mais este crescimento".

O objetivo, segundo ele, é que o parque se torne uma referência para todo o país, além de elevar ainda mais o aumento de ISS para a cidade por meio da criação de novas empresas. Agora as empresas e instituições de um mesmo setor vão ter uma casa para chamar de sua e poderão explorar essa proximidade para criar projetos ainda mais inovadores.

Para se ter uma ideia sobre o aumento da arrecadação de ISS, em 2012, o faturamento do setor foi de R$ 83.275.820,38 com arrecadação R$ 1.870.442,41, representando 2,69% da arrecadação de ISS do Município. Em 2017, com faturamento de R$ 802.775.704,00, o ISS do setor de TI representou 10,77 % da arrecadação de ISS do Município. A previsão para 2018 é alcançar a cifra de R$ 1 Bilhão em faturamento na economia de Maringá e 13% do faturamento do ISS.

Para Rafaela Campos, presidente da Software by Maringá, entidade que reúne empresas do setor de TI de Maringá e região, "a iniciativa marca o reconhecimento da força do setor que conta com mais de 4 mil pessoas trabalhando no desenvolvimento de softwares e em todos os demais segmentos ligados à tecnologia da Informação. O objetivo é reunir as empresas de TI em um mesmo espaço físico, onde será possível ampliar ainda mais o segmento de tecnologia da cidade".

Deixe seu comentário