Publicidade
Início Newsletter (TI Inside) Volvo Cars vai rastrear metal usado em baterias de carros elétricos por...

Volvo Cars vai rastrear metal usado em baterias de carros elétricos por meio de blockchain

0

Após apresentar seu compromisso de reduzir as emissões de carbono em seus processos produtivos e de revelar seu primeiro carro totalmente elétrico, o XC40 Recharge, a Volvo Cars vai  implementar a rastreabilidade global do cobalto usado em suas baterias, aplicando a tecnologia de blockchain.

A rastreabilidade das matérias-primas utilizadas na produção de baterias de íons de lítio, como o cobalto, é um dos principais desafios de sustentabilidade enfrentados pelas fabricantes de veículos. A Volvo Cars está comprometida com o registro total deste material, garantindo que os clientes possam dirigir um Volvo eletrificado, sabendo que os componentes das baterias foram adquiridos com responsabilidade.

A tecnologia blockchain estabelece uma rede de dados compartilhada transparente e confiável, o que aumenta significativamente a clareza da cadeia de suprimentos de matérias-primas, pois as informações sobre a origem do material não podem ser alteradas após serem detectadas e confirmadas.

A Volvo Cars chegou agora a um acordo com seus dois fornecedores globais de baterias, a CATL (China) e a LG Chem (Coréia do Sul), e as principais empresas globais de tecnologia de blockchain para implementar a rastreabilidade do cobalto a partir deste ano.

As empresas de tecnologia Circulor e Oracle passaram a operar a tecnologia blockchain na cadeia de suprimentos da CATL após um piloto bem-sucedido, enquanto a Rede de Blockchain de Fornecimento Responsável (RSBN), juntamente com os especialistas em sourcing da RCS Global e IBM, está lançando a tecnologia para a cadeia de fornecedores da LG Chem.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

Sair da versão mobile