Publicidade
Início Serviços Case British Airways adota virtualização para melhor os sistemas

British Airways adota virtualização para melhor os sistemas

0
Publicidade

A Red Hat anunciou nesta sexta-feira, 7, que a British Airways implantou o Red Hat Enterprise Virtualization em sua infraestrutura, para torná-la mais  disponível e escalável. Alinhado com o crescimento e requisitos adicionais dos negócios da empresa para o seu ambiente de produção – e, em particular, para apoiar o ambiente de produção para seu website externo, BA.com – a empresa aérea necessitou expandir sua infraestrutura de TI. Como os consumidores mudaram seus padrões de compra de passagens aéreas. E média, o site recebe mais de 450 mil  visitantes por dia. 

À procura de uma solução que iria suportar o seu crescimento projetado futuro e o antecipado tráfego adicional do e-commerce, a British Airways identificou o Red Hat Enterprise Virtualization como a solução para as suas cargas de trabalho Linux – em termos de funcionalidade, valor e para evitar o lock-in  (preso ao fornecedor) – para o ambiente de produção que suporte o seu website e outras cargas de trabalho, tais como aplicações internas, tanto de pré-produção como de produção.

 Com o Red Hat Enterprise Virtualization, a British Airways já implantou 750 máquinas virtuais em 130 servidores físicos através de dois datacenters, substituindo um acervo virtualizado anteriormente. A nova infraestrutura trouxe vários benefícios importantes em áreas como a administração e a eficiência em curso para desenvolvedores da empresa.

Richard Dawson, um consultor de infraestrutura UNIX e Linux na British Airways, explicou que “usamos o Red Hat Enterprise Virtualization para criar a nossa própria nuvem para que os nossos desenvolvedores possam usá-lo para criar suas próprias máquinas virtuais e, portanto, construir e controlar ambientes como desejarem. Temos usado as soluções da Red Hat em várias partes do nosso negócio por dez anos, e temos o prazer de continuar o nosso relacionamento de longa data com a implantação do Red Hat Enterprise Virtualization. Como os desenvolvedores precisam criar e remover ambientes de forma rápida, uma solução altamente escalável é fundamental para nós e essa vantagem  então significa que não precisamos exceder nossos planos de TI.”

“Como uma operação que funciona 365 dias por ano, com um avião sempre no céu, alta disponibilidade é fundamental para a segurança de nossa operação e, finalmente, os nossos clientes. O Red Hat Enterprise Virtualization agora permite-nos ter uma visão num único painel, com o que está acontecendo em todo o ambiente, que não tínhamos antes”, acrescentou.

Como a companhia aérea transportadora do Reino Unido (UK), a British Airways opera há mais de 90 anos, e hoje é a maior companhia aérea do Reino Unido baseado no tamanho da frota, voos e destinos internacionais, transportando mais de 40 milhões de passageiros para 177 destinos ao redor do mundo a cada ano. 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Sair da versão mobile