Prodesp disponibiliza nova versão de app para professores da rede de escolas públicas de SP

0
0

A Prodesp, empresa de Tecnologia do Estado de São Paulo, desenvolveu a nova versão do aplicativo "Diário de Classe Digital", da Secretaria Estadual da Educação, que permite aos professores da rede estadual de ensino, através da tecnologia, registrar a movimentação dos alunos.

A novidade facilita a rotina em sala de aula e possibilita, por meio do celular, que os educadores consigam fazer o lançamento e consulta de frequência, visualização de turmas, registro de aulas, avaliações e fechamentos. O app permite ainda que o uso seja feito de forma off-line e ao ser conectado ao Wi-Fi os dados poderão ser sincronizados aos da sede da escola.

De acordo com a Secretaria da Educação, a informatização do sistema possibilitará que os 190 mil docentes da rede tenham mais agilidade ao lançar os dados, evitando que se desloquem com pilhas de diários.

Importante destacar que o acesso ao aplicativo no celular, disponível no sistema Android, será feito de forma individual, a partir de login e senha. A outra opção para utilização da plataforma é por meio dos computadores da escola.

O processo de transição do diário impresso para a versão digital será feito durante um ano. A partir de fevereiro de 2021, a Secretaria da Educação não aceitará mais diários em papel. Com a modernização, a Seduc estima uma economia de cerca de R$ 3 milhões, valor dispensado no ano passado para custear a impressão de cerca de 1 milhão de diários.

Minha Escola SP

Lançado em 2018, o aplicativo Minha Escola SP, também desenvolvido pela Prodesp, foi idealizado para que os responsáveis pelos estudantes possam acompanhar o registro da vida escolar dos filhos. Pelo app é possível consultar notas, faltas, horário de aulas e até uma versão digital da carteirinha estudantil, com foto, nome, série e unidade do aluno. O Minha Escola SP está disponível para download gratuito nos sistemas Android e iOS.

SP Sem Papel

Para tornar a gestão pública mais eficiente e colocar fim ao desperdício e custos desnecessários, a Prodesp, implantou em agosto de 2019 o SP Sem Papel.

Considerado um marco na história da administração pública estadual, tornando o fluxo mais ágil, o programa tramitou mais de 2 milhões de documentos em formato digital em todas as secretarias do Governo de São Paulo.

Com a eliminação dos impressos, o Estado economizará cerca de 75% com impressões e compra de papel. Na Prodesp, por exemplo, em 5 anos, a estimativa é deixar de gastar mais de cinco milhões, fora o gasto indireto com transporte, Correio e armazenagem física.

Sempre em busca de oferecer soluções inovadoras, a Prodesp trabalha para aprimorar os serviços prestados e facilitar a vida dos cidadãos.

Deixe seu comentário