DECA lança aplicativo de catálogos de produtos

0
0

A Deca acaba de lançar seu primeiro produto mobile para estreitar o relacionamento da marca com relacionamento da marca com arquitetos e profissionais da decoração . "Era preciso trabalhar essa complexa e extensa categoria no meio digital, para facilitar o conhecimento dos profissionais – e até consumidores finais – dos produtos comercializados, para que possam tomar decisões mais assertivas", afirma Flávia Pardini, gerentede Promoção e Propaganda Deca.

O aplicativo para tablets iOS apresenta de forma simples, organizada e intuitiva a linha de produtos Deca, composta por mais de 3.000 produtos. "É apenas o começo da estratégia desenhada para a marca", explica Vinicius Porto, sócio da PorQueNão?. "Conforme os usuários se familiarizem com a ferramenta, adicionaremos novas funcionalidades ao longo do tempo", garante.

Deca

"O desenvolvimento de um produto digital vai muito além do design e codificação. Investimos um bom tempo em entender a fundo a jornada do nosso público-alvo, desenvolvemos alguns protótipos e também direcionamos um grande esforço junto com o time Deca para reunir e organizar a enorme quantidade de informações sobre produtos. São mais de 3.000 SKU`s", conta Vinicius. "Com certeza a experiência de uso será de grande qualidade e rapidamente absorvida pelos usuários".

PorQueNão?

A PorQueNão?, uma empresa de Design de Negócios e Inovação Tecnológica que visa construir negócios e marcas através da tecnologia digital mobile. Fundada em novembro de 2010 por Vinícius Porto de Oliveira e Igor Saraiva, a PorQueNão? tem como maior desafio construir junto a clientes tradicionais a cultura de inovação em produtos e serviços digitais por um processo iterativo de melhoria contínua baseado no entendimento das necessidades humanas.

A empresa atende clientes como Suvinil, BASF Agronegócios, DeVry Brasil, DeVry USA, Duratex – Deca e Heineken Brasil. Já atenderam contas como Brasil Kirin (Eisenhahn), Bodytech, Grupo Votorantim, na divisão CCTI entre outras.

Deixe seu comentário