Groupon reverte prejuízo no segundo trimestre, mas resultado ainda fica abaixo das expectativas

0
6

O Groupon, site de comércio eletrônico e cupons de desconto, que oferece promoções diárias de produtos e serviços, encerrou o segundo trimestre deste ano com lucro líquido de US$ 109,1 milhões, revertendo prejuízo de US$ 22,9 milhões registrados no mesmo período do ano anterior, o que representa um ganho de US$ 0,16 por ação, depois de perder US$ 0,03 por ação no mesmo período do ano anterior. A venda do negócio de comércio eletrônico na sul-coreana Ticket Monster adicionou US$ 0,21 centavos à ação — em abril, a empresa chegou a um acordo para vender o controle que detinha na Ticket Monster para a parceria formada pela KKR e a Anchor Equity Partners, por US$ 360 milhões.

No segundo trimestre, a receita do Groupon aumentou 3,1%, para US$ 738,4 milhões, contra US$ 716,2 milhões registrados um ano antes. Excluindo as flutuações cambiais, as vendas aumentaram 11%, segundo a empresa. Os analistas haviam projetado um lucro ajustado de US$ 0,03 por ação e receita de US$ 740,3 milhões, segundo a Thomson Reuters.

O presidente-executivo do Groupon, Eric Lefkofsky, disse durante teleconferência com analistas nesta sexta-feira, 7, que todos os negócios da empresa cresceram no trimestre. As vendas no mercado norte-americano, que representam cerca de dois terços da receita total, aumentaram 14%, enquanto na região que engloba a Europa, Oriente Médio e África (EMEA) elas aumentaram 9,3%. No restante do mundo, as vendas caíram 3,8%.

O Groupon tem feito esforços para se transformar em um site de e-commerce mais amplo, com ofertas de mais longo prazo e listas locais, e com o lançamento de vários novos produtos, incluindo um registro de checkout baseada em tablet para pequenas empresas e um serviço de listas que concorre com Yelp. No mês passado, a companhia adquiriu o serviço online de compra e entrega de comida OrderUP.

Deixe seu comentário