Publicidade
Início Segurança News (Segurança) Site de treinamento de hackers é fechado na China

Site de treinamento de hackers é fechado na China

0
Publicidade

A polícia chinesa fechou no fim de semana um site de treinamento de hackers, cujo servidor estava na província de Hubei. De acordo com o jornal China Daily, três pessoas foram presas e cerca de US$ de 250 mil destinados a compra de software para cibercrimes foram confiscados.
Segundo a polícia, o site, chamado Balck Hawk Safety Net, vendia programas para ataques virtuais e dava algumas dicas sobre como usá-los. A página existia desde 2005 e possuía cerca de 17 mil membros VIP, que contribuíram com cerca de 7 milhões de yuan (aproximadamente US$ 1 milhão) desde então, e mais de 170 mil membros não pagantes. O governo chinês considerou o Black Hawk Safe Net como o maior site do tipo em atividade no país.
Também de acordo com a Defesa Civil de Hubei, o site já vinha sendo investigado desde 2007, quando foram presos alguns suspeitos de cibercrimes que poderiam estar ligados ao site chinês.
Segundo o China Daily, mais de 50 oficiais de polícia estavam envolvidos na investigação, que foi concluída com o fechamento de nove servidores e apreensão de cinco computadores e dois carros. Embora o jornal não cite, observadores acreditam que ação é uma resposta do governo chinês às pressões que vem sofrendo depois que o Google colocou sob suspeita a participação de agentes do serviço de inteligência da China na invasão dos sistemas da empresa ocorrida em janeiro, principalmente seu serviço de e-mail Gmail. Segundo o site de buscas, o serviço tem sido sistematicamente invadido por hackers em busca de informações sobre ativistas dos direitos humanos.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

Sair da versão mobile