Cisco estima que, em três anos, 94% dos ambientes de TI estarão na nuvem

0
25

A recente versão do estudo Índice global de nuvem da Cisco (2016-2021) indica que até 2021, o tráfego global de dados em nuvem crescerá 3,3 vezes e que 95% dos dados estarão neste ambiente.

De acordo com o estudo, 94% de todas as cargas de trabalho serão executadas em algum ambiente de nuvem e que servidores dedicados serão minoria.

A estimativa abrange nuvens públicas e privadas, o que significa que mesmo em um cenário local, quase todas as cargas de trabalho serão executadas em um ambiente virtualizado. Segundo o estudo, em três anos, 73% das cargas de trabalho acontecerão em nuvens públicas e 27% em nuvens privadas.

O Índice global de nuvem da Cisco também estima que, até 2021, haverá 628 centros de dados hyperscale em todo o mundo, 85% acima dos 338 data centers deste tipo instalados em 2016. Neste mesmo período, haverá uma inversão no perfil de consumo dos recursos de TI, com o software como serviços (SaaS) representando 75%; 16% infraestrutura como serviço; e 9% em plataforma como serviço(PaaS).

Deixe seu comentário