Zoom enfrenta processo de acionista

0
0

O acionista Michael Drieu,  da Zoom Vídeo Communication, entrou com uma ação coletiva alegando falhas no padrões de privacidade e informações erradas sobre a criptografia de ponta a ponta.

O acionista diz no documento que as ações da Zoom caíram desde uma recente onda de reportagens na mídia que discutem as questões de segurança da empresa. Os papéis fecharam em queda de 7,5%, a US$ 113,75 dólares, nesta terça-feira,7 Elas perderam quase um terço do seu valor de mercado desde que atingiram altas recordes no final de março.

O presidente-executivo da Zoom, Eric Yuan, pediu desculpas aos usuários na semana passada, dizendo que a empresa havia ficado aquém das expectativas quanto a privacidade e segurança da comunidade e estava tomando medidas para corrigir os problemas.

Nesta quarta-feira, 8, a Zoom anunciou a criação de um Conselho e um Conselho Consultivo de segurança de informação e contratou o ex-diretor de segurança do Facebook, Alex Stamos, como consultor externo.

Deixe seu comentário