Microservice lança solução de análise de vulnerabilidade para mitigar ataques cibernéticos

0

Mesmo após a implementação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), a segurança da informação segue sendo um desafio para os negócios brasileiros. Segundo a consultoria alemã Roland Berger, o país ocupa a quinta posição no ranking das nações que mais sofrem com ataques hackers. E impulsionada por este momento de mercado e pela urgência na preservação dos ambientes de TI, a Microservice, especializada em soluções de segurança da informação, acaba de lançar uma nova solução de análise de vulnerabilidade para controlar ambientes de TI corporativos.

O serviço, que já está em execução em clientes da companhia, identifica, analisa e entrega informações sobre o status de segurança de todo o ambiente de tecnologia aliando visão técnica e visão de negócio. Através de uma varredura completa, os especialistas da Microservice apontam quais situações do dia a dia das empresas podem estar suscetíveis à ação de ataques cibernéticos e traz, através de relatórios completos, sugestões de melhoria contínua para mitigar estes riscos.

O projeto é realizado em parceria com a Eco IT, que traz uma plataforma VRM (Vulnerability Risk Manager) de análise e desenvolvimento de relatórios de vulnerabilidades. Sandro Zendron, CEO da Microservice, destaca que o projeto vai oferecer aos negócios um diferencial também nas adequações da LGPD.

"Sabemos que um dos grandes riscos para as empresas, atualmente, é ter sua operação comprometida por conta de falhas de cibersegurança. Além da perda de dados e do prejuízo à imagem, um problema como este agora é também passível de penalidade legal, visto que a LGPD se tornou uma ferramenta para fortalecer a necessidade de proteção aos dados. Nossos especialistas entram neste projeto para dar às empresas as melhores análises e indicações de melhorias, apontando assertivamente as correções que garantirão segurança e preservação do ambiente de TI", diz.

Luciana Durbano, COO da Eco IT, reforça que a parceria com a Microservice, que usa a plataforma da empresa neste serviço, é um diferencial para o mercado. "A segurança cibernética é, atualmente, um dos maiores desafios das empresas no Brasil. A necessidade de análise das vulnerabilidades de forma contínua é cada vez mais essencial para empresas que querem mitigar riscos cibernéticos e preservar sua credibilidade, um ativo tão importante para os negócios. A nossa parceria vai ajudar as empresas a enfrentarem esses desafios de cibersecurity de forma mais resiliente", salienta.

A solução da Microservice proporciona, ainda, oito pilares de trabalho: organização detalhada de pontos fracos da operação de TI; orientação para mitigar riscos; redução da probabilidade de ataque cibercriminoso; melhoria contínua no ambiente de TI; rastreabilidade de incidentes de segurança; adequação à LGPD; formação de base de inteligência contra ataques e redução de tempo das equipes internas de TI neste processo contínuo de segurança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui