Publicidade
Início Newsletter (TI Inside) 42% das empresas com capital aberto no Brasil estão vulneráveis a ataques...

42% das empresas com capital aberto no Brasil estão vulneráveis a ataques cibernéticos

0
Publicidade

O Panorama Cyber Insights, estudo realizado pelo Grupo Daryus, revela que 42% das empresas com capital aberto no Brasil estão vulneráveis a ataques cibernéticos devido à falta de proteção adequada para sistemas de controle industrial e tecnologias operacionais. O levantamento indica que essas empresas estão expostas a ataques que podem comprometer seus negócios e atividades, resultando em graves consequências financeiras, operacionais e de reputação.

Embora compreendam os riscos que a ausência de uma estratégia robusta de cibersegurança representa, 49% das organizações no mundo operam com um plano de segurança básico ou sem nenhum tipo de plano de cibersegurança. Esse dado é composto por empresas que não sabem como equilibrar a administração empresarial com a estratégia de segurança cibernética e/ou acreditam que as estratégias de cibersegurança impactam os negócios de forma restritiva.

“Esse tema deve ser abordado com mais frequência dentro das empresas, pois impacta diretamente a saúde dos negócios. Companhias que ainda não reconheceram a importância da proteção podem enfrentar crises financeiras e de reputação graves. Nossa proposta com o Panorama é mostrar ao mercado a realidade do comportamento dos profissionais brasileiros diante das ameaças emergentes”, afirma Jeferson D’Addario, CEO do Grupo Daryus, consultoria especializada no assunto.

O Panorama também identificou que os ataques cibernéticos podem causar danos de 10,5 trilhões de dólares até 2025, um aumento de 300% em relação à 2015. Organizações que adotam um sistema básico de cibersegurança direcionam seus esforços apenas para seguirem a legislação vigente, sem se preocupar de verdade sobre as ameaças e estragos que esses crimes cibernéticos são capazes de causar. A análise prevê ainda que nos próximos dois anos, 45% de organizações globais serão impactadas de alguma forma por ataques de cadeia de suprimentos (supply chain).

“O panorama visa ajudar o mercado a entender a percepção atual da cibersegurança no Brasil, focando em ameaças emergentes, gestão de riscos e resposta a incidentes. Utilizando uma análise de dados públicos, foram avaliadas as percepções dos gestores de cibersegurança e identificadas as melhores práticas e recomendações. O objetivo é traçar estratégias relevantes para o setor e apoiar a tomada de decisões das empresas”, finaliza D’Addario.

Proteger informações sensíveis e garantir a integridade e disponibilidade dos sistemas é vital para a continuidade dos negócios e a confiança dos clientes. Nesse contexto, o Grupo Daryus realiza o evento online e gratuito Global Risk Insights para discutir as tendências e desafios emergentes em segurança cibernética e gestão de riscos com foco no resultado do Panorama Cyber Insights.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Sair da versão mobile