Planejamento das demandas de TI da Rossi passa a ser atribuição da IBM Brasil

0
25

A IBM Brasil firmou um acordo de terceirização conhecido como Smarter Sourcing no qual passa a ser responsável pela estruturação e planejamento de todas as demandas de tecnologia da incorporadora e construtora Rossi.

O contrato engloba estratégia e planejamento de projetos de tecnologia da informação (TI), sustentação e melhoria das aplicações, desenvolvimento de soluções, gestão de contratos de TI e gestão do ambiente tecnológico.

O Smarter Sourcing não é um modelo tradicional de sustentação de aplicações, mas uma nova maneira de desenvolver parcerias com clientes para vencer os desafios do negócio, permitindo à empresa focar seus esforços no core business.

"A parceria implementada na Rossi dá suporte não apenas às ações operacionais do dia a dia, mas também ao planejamento estratégico de TI e às demandas de médio e longo prazo da empresa", afirma Renato Vianna, sócio da divisão de consultoria da IBM Brasil, focado no segmento de engenharia e construção.

A primeira etapa do projeto foi composta pelos serviços de hosting do ambiente SAP e Hyperion e service desk. A segunda fase, com a operação iniciada em março, complementou estes serviços com o hosting dos demais servidores e suporte a todos os sistemas da Rossi realizados pelo atendimento direto da equipe de consultoria IBM e pela gestão de contratos de fornecedores específicos.

O modelo de terceirização proporcionará uma economia de 15% entre redução de custo e aumento de produtividade da área de TI. Esse ganho é decorrente da melhor alocação dos perfis, entre a gestão do negócio com os analistas da Rossi e a execução da operação com o time da IBM.

Outro diferencial nesse projeto é o papel de "trusted advisor provider", representado pela IBM. Essa função garante a participação ativa da empresa no comitê de tecnologia da Rossi, compartilhando as decisões estratégicas na área e trazendo o conhecimento e a experiência em projetos e soluções similares em todo o mundo.

Dessa forma, é possível conhecer as necessidades da companhia e oferecer soluções cada vez mais personalizadas. Em uma primeira etapa, o comitê reúne-se a cada 15 dias para analisar e acompanhar as demandas de TI e a cada dois meses para uma avaliação estratégica e definição de ações de médio e longo prazo. 

O projeto contou com o apoio do Banco IBM, que ofereceu uma solução customizada de financiamento para os serviços contratados pela Rossi. Esse suporte permitiu à empresa utilizar seu capital próprio e outras linhas de financiamento para investir em projetos relacionados ao seu core business.

Deixe seu comentário