Ações do Twitter têm forte alta com anúncio de sua entrada no comércio eletrônico

0
3

O anúncio feito pelo Twitter nesta segunda-feira, 8, de que começou a testar o botão "Comprar" para que seus usuários possam comprar produtos "de uma maneira mais simples" através dos tuítes da plataforma animou Wall Street. As ações da empresa abriram o pregão da Nasdaq cotadas a US$ 51,80, alta de 2,27% em relação ao fechamento do dia anterior, e atingiram o pico por volta das 12h30 (horário de Brasília), com os papéis negociados em US$ 52,66. O bom desempenho do Twitter na Nasdaq perdurou durante todo o dia e as ações encerraram o pregão cotadas a US$ 52, alta de 2,66%.

A rede de microblogs divulgou em seu blog oficial que, inicialmente, apenas uma pequena porcentagem de usuários norte-americanos (que vai crescer ao longo do tempo), poderão comprar diretamente de tuítes pelo botão "Comprar", disponível nos aplicativos do Twitter para Android e iOS. Segundo a empresa, a plataforma que permitirá as compras está sendo desenvolvida em parceria com startups como Stripe e Musictoday.

Após clicar no botão "comprar", os clientes obterão mais detalhes do produto e, em seguida, enviam informações e pagamento e envio da mercadoria, as quais logo são enviadas ao comerciante. O Twitter salienta que as informações de pagamento e transporte dos usuários "são criptografadas e armazenadas com segurança" após a primeira operação, permitindo a reinserção de tais informações em futuras compras.

Esta é mais uma tentativa da rede de microblogs em monetizar o site, ou seja, fazê-lo gerar receita, com a mobilidade. Segundo projeção da empresa de pesquisa eMarketer, a publicidade em dispositivos móveis, por exemplo, será responsável pelo crescimento gradual da receita da rede de microblogs ao longo deste e do próximo ano. Em 2014, a previsão é que a receita com anúncios em todo o mundo alcance US$ 1 bilhão e, no ano seguinte, chegue a US$ 1,33 bilhão, quando mais de 60% deve vir da publicidade móvel.

Deixe seu comentário