Analistas preveem que Alibaba pode levantar mais de US$ 24 bilhões com IPO

0
0

Caso se confirmem as previsões dos analistas de Wall Street, a oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) do Alibaba será a maior da história em valor de mercado. A gigante chinesa de comércio eletrônico vai ofertar 320,1 milhões de ações depositárias (ADS) no mercado americano, o que — incluindo as ações extras reservadas para os subscritores — poderá resultar numa captação de até US$ 24,3 bilhões e elevar o seu valor de mercado para cerca de US$ 160 bilhões.

Após meses de especulação, a companhia divulgou, na sexta-feira, 5, os detalhes da sua entrada no mercado de capitais, que deve acontecer ainda neste mês na Bolsa de Nova York. Ela determinou a faixa de preço estimada para os seus papéis entre US$ 60 e US$ 66.

A empresa informou que o conglomerado japonês de internet e telecomunicações SoftBank, maior acionista do Alibaba hoje, planeja reduzir sua participação no capital da empresa de 34,1% para 32,4%. O mesmo deve ocorrer com o Yahoo, segundo maior acionista, que deve diminuir a quantidade de suas ações em seu poder de 22,4% para 16,3%,

A participação do fundador e presidente Jack Ma também será reduzida, de 8,8% para 7,8%. Ele vai vender 12,75 milhões de ações, devendo embolsar US$ 841 milhões, equanto o vice-presidente da companhia Joe Tsai Tsai deve vender 4,25 milhões de ações, podendo lucrar US$ 280 milhões, se os papéis se mantiverem no topo da cotação do IPO, ou seja, em US$ 66.

O cálculo dos analistas de Wall Street, de todo modo, é que o IPO do Alibaba irá superar o do Facebook, em maio de 2012, o da Visa e até mesmo o do Banco Agrícola da China, que bateu o recorde mundial. O AgBank levantou US$ 22,1 bilhões, tanto em Hong Kong e Xangai, em 2010. Já o Facebook conseguiu captar pouco mais de US$ 16 bilhões, com sua avaliação de mercado atingindo US$ 104 bilhões, e a Visa, US$ 19,7 bilhões com seu IPO, em 2008.

O preço das ações entre US$ 60 e US$ 66 é apenas uma estimativa inicial, o que pode mudar com os roadshows, já que é somente a partir deles que os bancos que coordenam o IPO vão ter uma idéia sobre o nível de interesse pelos papéis da companhia.

O roadshow terá início amanhã, em Nova York. Depois disso, os executivos vão viajar para Boston e Baltimore, antes de se dirigir para o Oeste, para San Francisco, disseram fontes. Os executivos também vão se reunir com investidores em Londres e Hong Kong. O Alibaba deve definir o preço final de seu IPO em 18 de setembro, de acordo com dados compilados pela Bloomberg. As negociações das ações começam no dia seguinte.

Deixe seu comentário