ODATA anuncia novos diretores para o Brasil

0
44

A ODATA, provedora de infraestruturas para data center, anuncia a contratação de dois diretores para as suas operações na América Latina. Com mais de 20 anos de experiência em tecnologia, o francês Philippe Vivia retorna ao país após 3 anos no Canadá para ocupar o cargo de Diretor de Operações. Já a brasileira Marcia Tavernari, que conta com uma sólida experiência profissional nas áreas de auditoria externa e controladoria em grandes empresas, é a nova Diretora Administrativa e Financeira.

Graduado em Engenharia em Física Nuclear pelo L'Institut National des Sciences et Techniques Nucléaires (INSTN), Philippe Vivia tem como um de seus desafios e aperfeiçoar os processos e desenvolver as equipes de operação da ODATA no Brasil e na América Latin.

Philippe Vivia ingressou no mercado de data centers no ano de 1998, na Orange, quando participou do desenvolvimento do primeiro motor de pesquisa de internet francês (Voilà). Transferiu-se para a Equinix em 2009, onde teve a oportunidade de vir para o Brasil em 2013 para estabelecer padrões de operações e gerenciar a construção de um novo data center no Rio de Janeiro. Antes de aceitar o convite da ODATA, Phillippe estava no Canadá, onde atuava como diretor de operações da Colo-D, um dos maiores players de data center do país, adquirida no final de 2018 pela Cologix.

Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com MBA em Gestão Financeira pela Fundação Getúlio Vargas, Marcia Tavernari tem sólida experiência em empresas de infraestrutura, bem como pela liderança de implementações e reestruturações de processos de backoffice.

Com passagens pela KPMG, ISOLUX CORSAN e, mais recentemente, pela Argo Energia, a executiva será de grande importância na fase de expansão da ODATA no Brasil e na América Latina.

Nos últimos cinco anos, a ODATA consolidou-se no Brasil com três data centers (sendo um deles, o SP02, considerado o maior campus de data center da América Latina), posicionou-se como o principal player do segmento na Colômbia (com o maior data center Carrier Neutral) e, agora, concentra seus esforços no México, onde construirá o maior data center do país. A rápida expansão demonstra o posicionamento da ODATA em se tornar a maior empresa de data center da América Latina.

Com o foco em atender seus clientes globais por meio de uma única plataforma, oferecendo agilidade na construção e a qualidade já reconhecida de sua infraestrutura, a empresa possui abrangência global graças à parceria com a CyrusOne, um dos maiores players de data centers do mundo, e consegue ter a mesma proposta de valor em toda a América Latina, entendendo que cada mercado (país) possui suas restrições e legislações.

Deixe seu comentário