Reorganização da divisão de comutação e roteamento da Cisco pode afetar até 25 mil empregos

0
0

Uma grande reorganização no negócio de comutação e roteamento da Cisco deve afetar até 25 mil funcionários, segundo informa o site Business Insider. Trata-se de uma das grandes mudanças previstas para a divisão, que gerou US$ 21,7 bilhões em receita, o equivalente a 60% da receita total da empresa com a venda de produtos no ano fiscal de 2014, encerrado em 26 de julho.

A fabricante pretende realocar equipes de engenharia focadas em produtos para duas grandes equipes globais distintas focadas em software e hardware, o que pode resultar em demissões, cujo número exato não foi divulgado. Segundo a companhia, gestores como "gerentes gerais" devem ser demitidos, enquanto vice-presidentes e vice-presidentes sênior não estão sendo particularmente visados nos cortes.

Ao colocar os empregados em dois grandes grupos, a Cisco espera que as pessoas trabalhem em conjunto e compartilhem mais, fazendo com que toda a empresa seja mais ágil."Vamos continuar a tomar as decisões empresariais e movimentos ousados que precisamos fazer para garantir nossa posição de liderança no mercado daqui para frente. Continuamos a fazer os movimentos para dirigir mais inovação, velocidade, agilidade e eficiência em nossos negócios e movimentar a venda de caixas para venda de soluções, arquiteturas, soluções e resultados", declarou a Cisco em comunicado enviado ao site.

Em agosto, a Cisco anunciou, após reportar queda nas vendas, a demissão de até 6 mil funcionários, o equivalente a 8% de sua força de trabalho, nos próximos meses, o que, segundo a empresa, lhe permitirá contratar funcionários em áreas que estão crescendo tais como a sua oferta de data center, software, segurança e nuvem.

Deixe seu comentário