Empresa aponta crescimento de 5000% em interações com bots no setor de educação

0
27

Com a pandemia, empresas passaram a cortar custos e investir em operações online. Com este cenário, a busca por otimizar o atendimento aos clientes, inclusive para fidelizá-los, aumentou, e isso levou também ao crescimento da base de bots. No setor de educação, por exemplo, a WAVY Global, empresa de customer experience do Grupo Movile, apontou um crescimento de 5000% em interações com bots, sendo um dos principais motivos a busca de materiais didáticos em plataformas digitais.

Entre as ferramentas em expansão, o AprendiZap, plataforma gratuita de estudo pelo WhatsApp, criada pela Fundação 1Bi, instituição social do Grupo Movile, com o apoio da WAVY, foi lançado em fevereiro do ano passado e de lá para cá já impactou mais de 100 mil pessoas, que registraram mais de 60% de NPS (satisfação) com o conteúdo oferecido. Atualmente o bot conta com quatro trilhas de estudo, são elas: Fundamental II, Enem, Professores e Tecnologia, versão focada em jovens de ensino público e que tem o maior impacto.

A linguagem utilizada nesses bots fazem toda a diferença na participação contínua dos usuários. A ferramenta, utiliza uma NLP (Processamento de linguagem natural) e uma estrutura robusta de árvore de decisão para facilitar o fluxo de conversa do estudante.

Mas, além das empresas do ramo educacional, segundo a WAVY, os setores que também mais procuraram serviço de implantação de bots foram os de e-commerce de modo geral, contact centers e empresas de saúde.

A empresa destaca ainda que o aumento de interações foi em diferentes canais conversacionais, não apenas via WhatsApp. A marca ainda explica que inclui diariamente novas tecnologias no uso dos bots, como o uso de Inteligência Artificial, e esse processo tem feito o trabalho dessa funcionalidade se tornar cada vez mais eficiente e robusto.

Deixe seu comentário