Copel colhe resultados do programa de rede inteligente

0
13

Com um programa de rede inteligente rodando, a Copel começa a colher resultados da iniciativa, como a redução do tempo que o consumidor fica desligado por ano em 48%. A afirmação é do gerente da distribuidora Tiago Santana, que participou nesta quarta-feira, 8, de debate da no 5X5 Tec Summit. Segundo ele, o programa vai atingir 1,6 milhão de consumidores do serviço.

Os medidores atuais serão substituídos por medidores digitais, que se comunicam diretamente com o Centro Integrado de Operação da Distribuição da Copel, facilitando o controle desde a subestação até o consumidor final. Sem custo para o cliente, essa tecnologia permite leitura de consumo à distância e autonomia para o cidadão monitorar seu consumo em tempo real por aplicativo.

Ao contrário do piloto da Enel, instalado em um bairro populoso em São Paulo, a Vila Olímpia, a inciativa da distribuidora paranaense atinge grandes áreas do campo. Segundo Santana, o projeto tem grande impacto na produção agrícola do estado.

A Copel também iniciou projeto paralelo de trifaseamento da rede. "A indústria agrícola cresceu de tal forma que circuitos pequenos não conseguem atender a demanda de carga e da qualidade que o usuário necessita", afirma Santana.

O representante da Copel ressalta que, da forma como vem sendo distribuída, a energia traz benefícios para diversas cadeias, como a leiteira, de produção de suínos, avicultura e piscicultura. O programa está orçado em R$ 820 milhões.

Deixe seu comentário