Samarco atualiza infraestrutura e aplicações financeiras

0
0

A mineradora Samarco atualizou sua infraestrutura de TI adotando novas versões de planejamento e relatórios financeiros, que compõem a solução Oracle Hyperion Performance Managment Applications, além do Essbase e do Oracle Data Integrator. Além disso, a documentação dos procedimentos de governança e o treinamento da equipe de suporte fizeram parte do projeto, que foi conduzido pela área de consultoria da própria Oracle.

A Samarco- empresa brasileira de mineração – tem como principal produto pelotas de minério de ferro, produzidas a partir da transformação de minerais de baixo teor em um produto nobre, de alto valor agregado. Fundada em 1977, a companhia é essencialmente exportadora, vendendo sua produção para 20 países das Américas, Ásia, África, Europa e Oriente Médio. A capacidade nominal produtiva da Samarco é 30,5 milhões de toneladas anuais, gerando mais de 2,9 mil empregos diretos e 3,5 mil empregos indiretos.

Quando inicialmente adotou os produtos Oracle Hyperion Performance Management Applications em 2010, a Samarco precisava de uma ferramenta de orçamento colaborativo para ser usada de maneira sazonal. Com o crescimento do negócio, a empresa passou a fazer uso mais frequente da solução e de mais aplicações, o que evidenciou a necessidade de atualização de TI.

Por esse motivo, contratou a Oracle Consulting para identificar o que precisava ser implementado para ter um ambiente em pleno funcionamento para atender a nova demanda de uso das ferramentas de análise financeira. Com o diagnóstico, a mineradora iniciou renovação da infraestrutura da própria empresa e a atualização da suíte Oracle Hyperion.

Documentar e implementar todos os procedimentos de governança do ambiente, incluindo backup restore, deploy e segurança de usuário, além de treinar uma nova equipe de suporte fez parte do projeto, que começou a ser implementado em dezembro de 2013, tendo um cronograma extenso, para que a implementação não interferisse na continuidade dos negócios. Tudo foi concluído e o go live ocorreu em de abril de 2014.

"O projeto da Samarco foi desafiador, porque exigia uma migração rápida e precisávamos respeitar os prazos financeiros, cuidando das atualizações e da preparação dos usuários para facilmente assimilá-las. Felizmente, contamos com uma boa integração entre a equipe do cliente e a nossa, o que colaborou para atendermos todos os prazos, permitindo que o cliente pudesse praticamente de imediato constatar os benefícios do projeto", completa Alexandre Sapia, vice-presidente da Oracle Consulting para América Latina.

Deixe seu comentário