Empresas de Seattle doam US$ 2,5 milhões para fundo contra coronavírus

0
0

Microsoft, Amazon e outras empresas da área da cidade de Seattle, onde ficam as sedes das empresas, estão em parceria com organizações sem fins lucrativos e governos para lançar um fundo de ajuda em resposta ao surto de coronavírus.

O Fundo de Resposta COVID-19 fornecerá subsídios para organizações que ajudam populações em risco, como trabalhadores que não podem tirar licença médica, pessoas sem seguro de saúde e profissionais de saúde. Está sendo lançado com mais de US$ 2,5 milhões em doações de seus parceiros fundadores.

A Seattle Foundation sediará o fundo e administrará subsídios únicos para apoiar o trabalho de organizações de saúde pública e organizações sem fins lucrativos. Outros parceiros incluem Starbucks, Alaska Airlines, United Way of King County, King County e a cidade de Seattle.

A Microsoft anunciou na segunda-feira.9, a doação de US$ 1 milhão ao Fundo de Responsabilidade COVID-19. O dinheiro ajudará organizações sem fins lucrativos e organizações comunitárias "na linha de frente da resposta" ao COVID-19, disse o presidente da Microsoft, Brad Smith.

"Esse suporte incluirá assistência de aluguel para manter as pessoas alojadas; ajudar a garantir que crianças, idosos e famílias tenham acesso a alimentos; e apoiar os profissionais de saúde na linha de frente", acrescentou Smith.

A Amazon também está doando US$ 1 milhão para o fundo. A empresa detalhou seu envolvimento em um post publicado nesta segunda-feira,9. A Fundação Starbucks doou outros US$ 250.000 e os fundos restantes vêm de parceiros adicionais.

As empresas pediram a todos os funcionários que podem trabalhar em casa para fazer isso, atendendo aos conselhos das autoridades de saúde pública.

Deixe seu comentário