Computação em nuvem alavanca receita da Microsoft no Brasil

0
0

De acordo com o relatório ISG Provider Lens Microsoft Ecosystem Partners Report – Brazil 2020, produzido pela Information Services Group (ISG) em conjunto com a TGT Consult, a Microsoft apresentou aumento significativo em sua receita no Brasil com leve impacto da pandemia. Avaliando os dados disponíveis, foi constatado que o principal crescimento veio do negócio de computação em nuvem, a Microsoft Azure, que cresceu 59%.

Ainda que a Microsoft não apresente resultados por país, o mercado brasileiro vinha apresentando um forte crescimento no consumo de serviços na nuvem até a chegada do novo coronavírus, aponta o relatório. 

O estudo também indica que o ritmo de crescimento do mercado de computação nuvem vem crescendo de forma acelerada no Brasil e que o custo desse tipo de serviço não é mais uma grande preocupação, incluindo a confiança crescente nas medidas de segurança oferecidas pelos provedores de serviço. 

Na última semana, a Microsoft superou o valor de mercado de US$ 1 trilhão em Wall Street. Com isso, o grupo digital passou a ocupar o posto de terceiro lugar no ranking das gigantes de tecnologia, ficando atrás apenas da Apple e da Amazon. 

Deixe seu comentário