Play9 lança plataforma para democratização de NFTs

0
217

A Play9, estúdio de conteúdo de Felipe Neto e João Pedro Paes Leme, está lançando a Plataforma 9Block. O projeto, baseado na rede Hathor, com apoio da Hathor Labs, é o primeiro produto tecnológico da Play9, e contará inicialmente com artes digitais de Felipe Neto. Após o lançamento da coleção do comunicador digital, a Play9 vai lançar novas artes digitais de influenciadores do casting, assim como abrir a plataforma para outros artistas.

"A Play9 se interessou por NFTs pela chance de gerar mais oportunidades aos criadores de conteúdo e artistas digitais especificamente. Este vai ser o nosso foco inicial com o lançamento da 9Block. E o fato de termos na empresa um grande especialista em blockchain (Helbert Costa) nos fez ter a segurança de começar essa empreitada tech do jeito certo", ressalta João Pedro Paes Leme, Sócio e CEO da Play9.

A abertura das vendas acontecerá no dia 27 de junho. Além de cartão de crédito, os usuários poderão efetuar o pagamento via Paypal ou utilizar bitcoins (BTC), litcoins (LTC) e ether (ETH), neste primeiro momento. O modelo é considerado pioneiro no mundo das NFTs, pois não cobra taxa de transações na blockchain. Com isso a plataforma disponibiliza artes mais acessíveis, atendendo a diversos públicos. A 9Block é ainda mais inovadora por apostar em talentos 100% nacionais, já que tanto os artistas, quanto a plataforma e a blockchain foram criados por brasileiros.

"Buscamos a democratização do acesso a esse novo mercado. Por isso, a ideia da 9Block é justamente fazer uma ponte justa entre a criptografia e o usuário, conectando artistas e colecionadores. Dessa forma, invertemos a atual lógica de monetização de artes, em que a maior parte do valor a obra acaba sendo distribuída entre os intermediários. Na 9Block vamos descomplicar esse relacionamento", conta Helbert Costa, CIO da Play9.

Plataforma

A 9Block, que ainda está em MVP, foi desenvolvida pelo Lab Play9, área responsável pela inovação e desenvolvimento de novos produtos tecnológicos na empresa, liderada por Helbert Costa.

A plataforma faz a emissão, validação e transação de NFTs utilizando como base o protocolo da rede Hathor. Frente a outras blockchains, a Hathor se destaca por sua capacidade de escalonar para grandes volumes de transação e pela simplicidade e baixo custo de uso.

Sobre a escolha da Hathor, Costa explica que além do mérito técnico, a escolha deve-se ainda ao fato de ser uma empresa com DNA do Brasil e oferecer, através da Hathor Labs, a agilidade necessária para criar em tão pouco tempo esse projeto. "Esse é um diferencial importante do projeto. São duas empresas brasileiras que se uniram para desenvolver um produto pioneiro, trazendo inovação para o nosso mercado", explica Yan Martins, CEO da Hathor Labs.

Sobre a Play9

A Play9 é um estúdio de criação de conteúdo e formatos digitais, fundado em 2019, que tem como sócios o comunicador digital Felipe Neto, o empresário João Pedro Paes Leme e ex-Diretor Executivo do Comitê Olímpico do Brasil Marcus Vinícius Freire. Também estão no quadro de sócios Gustavo Serra e Helbert Costa.

O trabalho envolve gestão de canais do YouTube e de redes sociais, produção audiovisual, formatos e projetos, além de entregas diferenciadas focadas em branded content. No portfólio da empresa figuram nomes de peso em diversas áreas transversais, como: entretenimento (Giovanna Ewbank, Fátima Bernardes, Vittor Fernando, Raphael Vicente, Ademara Barros e Bruno Correa), esportes (Marta, Vinícius Júnior, NoBru, Tino Marcos), Educação (Professor Noslen) e política (Gabriela Prioli), além de criadores como o filósofo e professor Silvio Almeida, Ad Júnior e a jornalista Carol Barcellos.

Sobre a Hathor Labs

Empresa criada por desenvolvedores brasileiros, em 2018, para dar suporte à criação e ao desenvolvimento da Hathor Network, blockchain que tem como diferencial o alto poder de escalabilidade de sua rede, usabilidade e descentralização.

Deixe seu comentário