Symantec confirma cisão de seus negócios de segurança e gestão da informação

0
0

Confirmando os rumores que circularam na quarta-feira, 8, a Symantec, fabricante do antivírus Norton, confirmou nesta quinta-feira, 9, que seu Conselho de Administração aprovou o plano de fazer a separação (spin-off) de suas operações para a formação de duas empresas de capital aberto independentes: uma focada em segurança e a outra em gestão da informação (IM, na sigla em inglês). A transação, que será assessorada financeiramente pelo JP Morgan Securities, deve ser concluída até o fim de 2015.

Em comunicado, a companhia informa que sua decisão em prosseguir com a cisão segue uma extensa revisão da estratégia de negócios da empresa e de sua estrutura operacional. A criação de duas empresas independentes permitirá que cada entidade maximize suas respectivas oportunidades de crescimento e gere maior valor para os acionistas, ainda segundo a Symantec.

O segmento de segurança da Symantec, que inclui o negócio do antivírus Norton, gerou uma receita de US$ 4,2 bilhões no ano fiscal que terminou em março deste ano, enquanto seu negócio de gestão da informação, que inclui backup e recuperação de dados, teve receita de US$ 2,5 bilhões no período.

"Tornou-se claro que a vitória na gestão da segurança e da informação requer estratégias distintas, investimentos focados e inovação go-to market", disse Michael A. Brown, presidente e CEO da Symantec, que permanece nas posições com a cisão da empresa. Thomas Seifert também continuará a servir como diretor financeiro (CFO), enquanto John Gannon será diretor geral da nova empresa de gerenciamento de informações, e Don Rath, diretor financeiro (CFO).

Deixe seu comentário