Walmart quer que devoluções não passem de 30 segundos

0

O Walmart deu mais um passo na sua estratégia de se estabelecer não só como um gigante das lojas físicas, mas uma empresa que dita regras no mundo digital. A rede varejista anunciou esta segunda-feira, 9, um modelo que vai permitir aos consumidores fazer devoluções de produtos em no máximo 30 segundos.

O modelo apresentado nos EUA permitirá que os clientes iniciem o processo de retorno no aplicativo Walmart. Em seguida, eles poderão levar o produto a uma loja física, entrar em um fila expressa, escanear um código e entregar o item ao funcionário do Walmart.

O sistema estará disponível em novembro para itens vendidos e despachados pelo site do Walmart e ganhará proporções a partir do início de 2018. O Walmart também deseja simplificar a devolução de produtos vendidos pelos parceiros do seu site.

No mês passado, o Walmart anunciou que estava testando um serviço que permite aos clientes comprar produtos do Walmart.com e enviá-los, mesmo que não haja ninguém em casa.

O Walmart adquiriu recentemente a Parcel, um serviço de entrega de inicialização, para reforçar a entrega no mesmo dia em Nova York. E está tentando atender a clientes mais novos com Uniquely J, uma marca para millennials que está sendo implementada pela unidade Jet.com.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui