Apple vai investir US$ 850 milhões em megaprojeto de fazenda de energia solar

0
3

A Apple pretende investir US$ 850 milhões em uma fazenda de energia solar. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 10, pelo CEO da companhia, Tim Cook, afirma durante uma apresentação na conferência Goldman Sach's Technology and Internet, nos Estados Unidos. O projeto, segundo informou o executivo, será desenvolvido em parceria com a First Solar, por meio de um contrato de compra de energia de 25 anos.

O anúncio surge uma semana após a fabricante ter divulgado que irá investir US$ 2 bilhões na construção de um data center em Mesa, a mesma cidade onde a empresa pretendia construir uma fábrica para produção de materiais de safira para os dispositivos eletrônicos. O data center irá operar com energia renovável.

A construção ocupará uma área de 5,2 quilômetros quadrados e está prevista para ser concluída até o fim de 2016, com o início das obras em meados deste ano. A energia gerada pelos painéis alimentará a nova sede da Apple, em construção em Monterey, na Califórnia. Ela também cobrirá o fornecimento de luz para 52 lojas da marca no estado, para outros escritórios próximos ao local e para o data center da companhia em Newark.

Apesar do alto valor investido, a expectativa é que a fazenda de painéis ajude a economizar e recupere o valor aplicado com o tempo. O projeto, que gerará 130 megawatts.

Cook também afirmou que o rollout da Apple Pay está "indo mais rápido do que eu pensei que seria, muito mais rápido". A Apple forneceu poucos detalhes até o momento sobre o volume total de transações por meio do sistema móvel de pagamentos. Segundo ele, o relógio inteligente Apple Watch — previsto para ser lançado em abril — será um produto para mudar o jogo.

As ações da Apple fecharam em alta de 1,9% na Nasdaq, nesta terça-feira, negociadas a US$ 122,02.

Deixe seu comentário