Inteligência de Negócios cresce no mercado de BI

0
0

Ao completar 10 anos, a Inteligência de Negócios (IN), comemora resultados positivos desde sua fundação e que em 2014 registrou um aumento de 45% em seu faturamento em relação ao ano anterior, atingindo R$ 33 milhões. "Conquistamos esses patamares, mesmo com a incerteza e ansiedade do mercado causada pelos eventos como a Copa do Mundo e eleições no Brasil", destaca o diretor, Roberto Guerra.

Junto com os outros dois sócios, Jorge Utimi e Rodrigo Segalla, a empresa pretende nos próximos dois anos abrir filiais em cidades do interior de São Paulo, começando por Marília, Ribeirão Preto e Campinas que inicialmente abrangerão toda a demanda da região. Além disso, há um forte investimento na captação de canais de vendas indiretas, que atualmente somam 65 parceiros espalhados em território nacional, e na contratação de executivos para administrarem os canais em Brasília, no Nordeste e no Sul.

Guerra, ainda destaca o trabalho dos últimos anos, já que o Qlikview era desconhecido no País. "Tivemos que evangelizar o mercado e pouco ao pouco os clientes perceberam a importância da solução em suas organizações. Essa confiança vem aumentando e com o passar dos anos tivemos que reestruturar a empresa para suportar a demanda elevada", ressaltou.

Essa reestruturação gerou a criação dos quatro pilares de ofertas: plataforma QlikView e Qlik Sense, Consultoria e Serviços, Academia IN e Gestão de Business Intelligence e Business Discovery. Consequentemente, essa elevação no número de clientes – atualmente mais de 450, exigiu o investimento em contratações e também no aumento de espaço físico. "No ano passado todas as nossas unidades – São Paulo, Recife, Salvador, Porto Alegre e Brasília – foram expandidas em espaço físico e também em relação à equipe. Hoje, contabilizamos 90 profissionais", afirmou.

Deixe seu comentário