Microsoft anuncia oferta de licenças gratuitas do banco de dados SQL Server para clientes da Oracle

0
69

Três dias depois de anunciar que vai disponibilizar uma nova versão do SQL Server para usuários do sistema operacional Linux, a Microsoft divulgou nesta quinta-feira, 10, que irá oferecer licenças gratuitas para clientes da Oracle que quiserem migrar para seu sistema gerenciador de banco de dados. O anúncio é parte da estratégia agressiva da empresa para tentar "roubar" participação de mercado da concorrente.

Para isso, a Microsoft também irá oferecer treinamento gratuito aos administradores de banco de dados habituados a usar o banco de dados da Oracle. A oferta, porém, não inclui hardware e os clientes que quiser migrar para o SQL Server terão de se inscrever (e pagar) para obter a licença Software Assurance durante três anos, para ter direito ao suporte e serviços. Ou seja, apenas o software SQL principal é grátis.

"Para cada instância do Oracle que o cliente tiver, vamos fornecer uma licença grátis do SQL Server", disse Judson Althoff, presidente da Microsoft América do Norte, durante um evento em Nova York nesta quinta-feira, 19, para lançar o SQL Server 2016. "Vamos ajudá-los nos custos de migração, colocar engenheiros no chão de fábrica para ajudá-los a migrar do Oracle", disse ele à Bloomberg.

O CEO da Microsoft, Satya Nadella, está tentando aumentar as vendas do banco de dados. Seu objetivo é conquistar os clientes da Oracle, cuja participação nesse mercado era o dobro da Microsoft em 2014, de acordo com a IDC. No início desta semana, a Microsoft revelou planos de tornar o software SQL disponível para sistemas Linux, onde o Oracle é líder de mercado.

O preço de lista do banco de dados da Oracle — incluindo armazenamento de dados e ferramentas de inteligência de negócios — é 12 vezes mais caro do que o SQL Server, da Microsoft, que custa cerca de US$ 320 mil, afirmou Althoff. Características tais como segurança, análises e estatísticas do software são construídas e incluídas no custo total do SQL.

Alguns novos recursos do SQL Server 2016 incluem criptografia de dados fim a fim, bem como a capacidade de fazer consultas para informações armazenadas na nuvem rapidamente usando uma tecnologia chamada Stretch Database que permite que os clientes acessem seus dados localmente ou na nuvem, a baixo custo.

Deixe seu comentário