Grupo BitCoin Banco lança tecnologia que centraliza negociação entre todas criptomoedas

0
0

A Exchange  NegocieCoins e TemBTC, corretoras de criptomoedas do Grupo Bitcoin Banco, negociaram R$ 182 milhões em março, depois da introdução de uma plataforma de segurança batizada  de FortKnox, que permite a transferência de fundos em reais diretamente entre as exchanges, sem depender do sistema bancário tradicional.

A tecnologia foi desenvolvida internamente, e dentro de um conceito chamado de Side chain, que é uma blockchain que valida dados de outras blockchains. Essa tecnologia permite a integração entre blockchains, sem a necessidade de se modificar os scripts das blockchains.

Além disso, com a FortKnox, a operação é feita de maneira ainda mais ágil e sem o pagamento de TED, a taxa de transferência bancária. Nesse caso, há apenas a taxa de retirada de 0,5%. A possibilidade, que surgiu de forma inédita no Brasil, atraiu novos investidores e traders para as duas exchanges. Juntas, elas geraram faturamento bruto, em março, de mais de R$ 182 milhões, 14 vezes mais do que o volume médio de janeiro e fevereiro.

Segundo a empresa, a  NegocieCoins é hoje a líder nacional em volumes de negociação, seguida pela TemBTC. Com a possibilidade de transações interexchanges, ambas passaram a deter mais de 90% do mercado brasileiro de criptomoedas. Para fins comparativos, no dia 1º de fevereiro, quando a FortKnox ainda estava em fase inicial, houve 2.403 transações diárias pela Negociecoins e dois meses depois, em 31 de março, elas saltaram para 8.012, o que representa um crescimento de cerca de 233%.

A FortKnox foi criada com o objetivo de tornar as transações em criptomoedas 100% seguras, além de permitir a transferência de fundos entre as exchanges, a plataforma oferece mais etapas de proteção às moedas virtuais.

 

Deixe seu comentário