Rumores agora põem AT&T e o bilionário Dan Gilbert como favoritos para ficar com o Yahoo

0
4

A disputa entre as duas maiores operadoras de telecomunicações dos Estados Unidos pelo negócio de internet do Yahoo promete ser acirrada. Ainda com as ofertas em processo de análise, a segunda rodada do leilão dos ativos de web da empresa — que inclui áreas de tecnologia de publicidade, ferramenta de buscas e a área de conteúdo, como Yahoo Finance e Yahoo Sports — tem sido permeada por muitas especulações.

O rumor agora é que o bilionário Dan Gilbert, fundador da Quicken Loans e proprietário do time de basquete americano Cleveland Cavaliers, e a AT&T fizeram uma proposta de cerca de US$ 5 bilhões, envolvendo não apenas pelo core business, mas também o portfólio de patentes e imóveis do Yahoo — a combinação preferida pela empresa para a venda de seus ativos. O Yahoo planeja vender mais de 3 mil patentes de seu portfólio, de acordo com um comunicado no início desta semana.

Disputa acirrada

Na quinta-feira, 9, pessoas com conhecimento do assunto disseram à Bloomberg que a Verizon Communications fez uma oferta na faixa de US$ 3,5 bilhões a US$ 4 bilhões, mas apenas para os ativos de internet do Yahoo. Segundo as mesmas fontes, a Verizon não deu lance para as patentes e imóveis do Yahoo, porque a empresa pretendia vendê-los separadamente. Mas ela estaria disposta a comprar tanto as patentes quanto ativos do imobiliário, disse uma das pessoas. A operadora aposta na realização de uma terceira rodada do leilão para que possa cobrir qualquer proposta, disse a fonte.

A previsão de algumas empresas que participam do processo é que a licitação deve se estender até julho com uma terceira rodada. O conselho de administração da empresa deve se reunir em breve para discutir as propostas da primeira e segunda rodada e decidir quais continuam no páreo e quais ficam de fora. O Yahoo aceitou as propostas da primeira rodada em abril, que contou com ofertas de dez empresas, que variaram de US$ 4 bilhões a US$ 8 bilhões.

A Quicken Loans, da Dan Gilbert, cuja proposta tem apoio do bilionário Warren Buffett, não está à procura de mais financiamento externo, o que sinaliza que está confiante em suas chances de vencer a disputa, disse outra fonte. Já o fundo de private equity TPG, que ainda está na briga pelo Yahoo, tem tido discussões com vários parceiros estratégicos para o caso de precisar aumentar a sua oferta. A bigra promete ser acirrada.

Deixe seu comentário