Dispositivo de reconhecimento facial para áreas restritas chega ao mercado

0
95

Apresentada para a maioria em filmes como 007 ou conhecida por fazer parte do dia a dia de agências de investigações internacionais como o FBI e a CIA, a tecnologia de reconhecimento de face saiu das telas do cinema e de agências ultrassecretas para se tornar realidade no controle de acesso de pessoas em elevadores, e trazer mais segurança aos condomínios por um custo acessível.

A Engetax – empresa especializada em soluções de acessibilidade, transporte vertical e manutenção de elevadores – é pioneira nacional no uso da biometria da face em elevadores. "O reconhecimento facial, além de ser único para cada indivíduo, não é invasivo como o de retina, por exemplo, e não necessita de contato, como a biometria digital", explica Wellington Vietri, representante técnico da Engetax.

O Engeface, nome do sistema de biometria da face desenvolvido pela Engetax, pode ser instalado em qualquer tipo de elevador, produzido por qualquer fabricante.  Também pode ser colocado em portarias de condomínios para reforçar a segurança e controlar o acesso de moradores, visitantes, funcionários e prestadores de serviços.  "O cadastro é feito no próprio equipamento e, por isso, dispensa o uso de computadores. Desta forma, a entrada de pessoas previamente cadastradas dispensa a necessidade de treinamento de funcionários para cadastramento e liberação, tornando todo o processo mais barato, seguro e prático", afirma Vietri.

O equipamento Engeface é suportado por um sistema de segurança chamado Engecode, do qual também faz parte o Engetok, equipamento que gera senhas aleatórias. A funcionalidade permite que cada condômino libere seus visitantes e funcionários não cadastrados, mediante senhas exclusivas, possibilitando identificar horário, dia e local (apartamento) gerador da senha, garantindo o controle total do acesso.

Outra vantagem é que o cliente pode fazer a locação do equipamento, a qual já vem com o serviço de manutenção incluso. O valor do aluguel pode variar de R$ 350,00 a R$ 900,00.Todos os dispositivos do Engecode possuem sistema para ocasiões de coação.

Deixe seu comentário