Publicidade
Início Newsletter (TI Inside) EMC expande recursos de backup para aplicações baseadas em big data

EMC expande recursos de backup para aplicações baseadas em big data

0
Publicidade

A EMC, fabricante de software e equipamentos para armazenamento de dados, reforça sua estratégia de proteção de dados ao lançar mundialmente nesta quarta-feira, 10, uma série de atualizações de soluções de armazenamento para suportar, principalmente, o backup de aplicações baseadas em big data. Os aperfeiçoamentos incluem novos recursos nos sistemas Data Domain, Avamar e NetWorker, que passam a operar em ambientes SAP Hana e Oracle Exadata, além de novas funcionalidades no Mozi, site de backup online para dimensionamento do backup na nuvem.

Responsável atualmente por 64,9% do mercado de appliance de backup no mundo segundo dados da IDC referentes a 2012 , a EMC visa crescer ainda mais com a atualização do portfólio, permitindo aos clientes a implementação de novas arquiteturas de armazenamento de proteção de dados. Segundo Erick Pascoalato, diretor de vendas da divisão BRS da EMC, que abrange produtos para backup, recovery e arquivamento de dados, a ideia é entregar novos recursos para que equipes de backup mudem de uma “arquitetura acidental”, caracterizada por processos de proteção de dados fragmentados e silos de infraestrutura, para uma arquitetura mais eficaz.

A estratégia vai ao encontro do atual momento do mercado brasileiro, em que as empresas estão fazendo um novo levantamento de sua real necessidade de backup. “Vejo no Brasil que grandes empresas possuem um backup em cada departamento, o que faz com que as áreas fiquem suscetíveis a falhas na obtenção de dados”, comentou Pascoalato. Neste sentido, o executivo ressalta a importância de uma arquitetura de armazenamento de proteção de dados baseada na proteção, segurança e visibilidade das informações armazenadas, os três pilares nos quais a EMC se baseou para o desenvolvimento das novas versões anunciadas hoje.

Atualmente, a unidade de negócios de backup da EMC possui 4 mil empregados em todo o mundo e desde 2003 já investiu mais de US$ 5 bilhões em pesquisa e desenvolvimento (P&D).

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

Sair da versão mobile